domingo, 12 de fevereiro de 2017

Quarta-feira de Cinzas – Ano A

CONVERTEI-VOS E CREDE NO EVANGELHO!

Campanha da Fraternidade 2017
Tema: “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”
Lema: “Cultivar e guardar a criação”

Oração da Campanha da Fraternidade 2017
Deus, nosso Pai e Senhor, nós vos louvamos e bendizemos, por vossa infinita bondade. Criastes o universo com sabedoria e o entregastes em nossas frágeis mãos para que dele cuidemos com carinho e amor. Ajudai-nos a ser responsáveis e zelosos pela Casa Comum. Cresça, em nosso imenso Brasil, o desejo e o empenho de cuidar mais e mais da vida das pessoas, e da beleza e riqueza da criação, alimentando o sonho do novo céu e da nova terra que prometestes.
Amém!
                                                                                 
                         


Entrada

Entrada:
1. CANTO DE ENTRADA

R.: EIS O TEMPO DE CONVERSÃO, EIS O DIA DA SALVAÇÃO: AO PAI VOLTEMOS, JUNTOS ANDEMOS. EIS O TEMPO DE CONVERSÃO.
/ 1. Os caminhos do Senhorsão verdade, são amor. Dirigi os passos meus: em vós espero, ó Senhor!/
2. Ele guia ao bom caminho quem errou e quer voltar. Ele é bom, fiel e justo. Ele busca e vem salvar./
3. Viverei com o Senhor. Ele é o meu sustento. Eu confio mesmo quando minha dor não mais aguento./
4. Tem valor aos olhos seus meu sofrer e meu morrer.
Libertai o vosso servo e fazei-o reviver!/
5. A palavra do Senhor é a luz do meu caminho; Ela é vida, é alegria. Vou guardá-la com carinho./
6. Sua lei, seu mandamento é viver a caridade. Caminhemos todos
juntos, construindo a unidade!



Omite-se o ato penitencial que é substituído pela distribuição das cinzas.
           

Salmo 50 (51)
PIEDADE, Ó SENHOR, TENDE PIEDADE, POIS PECAMOS CONTRA VÓS
/ 1. Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! / Na imensidão de vosso amor, purificai-me! / Lavai-me todo inteiro do pecado, / e apagai completamente a minha culpa. /
2. Eu reconheço toda a minha iniquidade, / o meu pecado está sempre à minha frente, / foi contra Vós, só contra Vós, que eu pequei / e pratiquei o que é mau aos Vossos olhos! /
3. Criai em mim um coração que seja puro, / dai-me de novo um espírito decidido. / Ó Senhor, não me afasteis de Vossa face / nem retireis
de mim o Vosso Santo Espírito! /
4. Dai-me de novo a alegria de ser salvo / e confirmai-me com espírito generoso! / Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar / e minha boca anunciará Vosso louvor!


Aclamação:

Glória a vós, ó Cristo, verbo de Deus! (bis)
1 - Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: não fecheis os corações como em Meriba!
                                                 



Benção e Distribuição das Cinzas
Converter ao Evangelho
1 - Converter ao Evangelho, na Palavra acreditar. Caridade e penitência, quem as cinzas abraçar. Não esqueças: somos pó e ao pó vamos voltar.
2 - Não as vestes, mas o peito o Senhor manda rasgar. “Jejuai, mudai de vida... Em sua face a chorar.” Não esqueças: somos pó e ao pó vamos voltar.
3 - Quão bondoso é nosso Deus, inclinado a perdoar. Quem dos males se arrepende, compaixão vai encontrar. Não esqueças: somos pó e ao pó vamos voltar.
4- Chora e diz o sacerdote entre a porta e o altar: “Pela vida do meu povo vão meus lábios suplicar.” Não esqueças: somos pó e ao pó vamos voltar.
5 - Convertei-vos, povo meu, do Senhor vamos lembrar. Eis o tempo prometido, as ovelhas vem salvar. Não esqueças: somos pó e ao pó vamos voltar.




Canto das oferendas:
Refrão: todo povo sofredor
O seu pranto esquecerá
/: pois o que plantou na dor
Na alegria colherá! (bis)

1. retornar do cativeiro,
Fez-se sonho verdadeiro,
Sonho de libertação.
Ao voltarem os exilados,
Deus trazendo os deportados,
Libertados pra sião!

2. nós ficamos tão felizes,
Nossa boca foi sorrisos,
Nossos lábios só canções!
Nós vibramos de alegria
"o senhor fez maravilhas",
Publicaram as nações!

3. ó senhor, deus poderoso,
Não esqueçais o vosso povo
A sofrer na escravidão.
Nos livrai do cativeiro,
Qual chuvada de janeiro
Alagando o sertão.

4. semeando na agonia,
Espalhando cada dia
A semente do amanhã
A colheita é uma alegria,
Muito canto e euforia
É fartura, é canaã.
Santo:



Canto da comunhão –
18. CANTO DE COMUNHÃO
R.: EU VIM PARA QUE TODOS TENHA VIDA, / QUE TODOS TENHAM VIDA PLENAMENTE. /

1. Reconstrói a tua vida em comunhão com teu senhor; / Reconstrói a tua vida em comunhão com teu irmão: / onde está o teu irmão, eu estou presente nele. /

2. "Eu passei fazendo o bem, eu curei todos os males" / Hoje és minha presença junto a todo sofredor: / onde sofre o teu irmão, eu
estou sofrendo nele. /

3. "Entreguei a minha vida pela salvação de todos" / Reconstrói, protege a vida de indefesos e inocentes: / onde morre o teu irmão, eu estou morrendo nele. /

4. "Vim buscar e vim salvar o que estava já perdido." / Busca, salva e reconduze a quem perdeu toda a esperança: / onde salvas teu
irmão, tu me estás salvando nele. /

5. "Este pão, meu corpo e vida para a salvação do mundo." / É presença
e alimento nesta santa comunhão: / onde está o teu irmão, eu estou, também, com ele.

6. Salvará a sua vida quem a perde, quem a doa. Eu não deixo perecer nenhum daqueles que são meus. Onde salvas teu irmão, tu me estás salvando nele.
7. Da ovelha desgarrada eu me fiz o Bom Pastor. Reconduze, acolhe e guia a quem de mim se extraviou. Onde acolhes teu irmão, tu me acolhes, também, nele.


Final:
Hino da Campanha da Fraternidade 2017
L: Pe. José Antonio de Oliveira
M: Wanderson Luiz Freitas da Silva
Intro: Bb7 F/A Dm G Eb Dm C4 C
C7        F         C            F    C7
Louvado sejas, ó Senhor, pela mãe terra,
         
F          C      C/Bb   A  A/G  F#°
Que nos acolhe, nos alegra e dá o pão (cf. LS,1).
        
Gm7           C          F   F/A
Queremos ser os teus parceiros na tarefa
       
Bb            G7       C    C7
De "cultivar e bem guardar a criação".
     
F    A7    Dm    Dm/C
Da Amazônia até os Pampas,
    
Bb        G/B   C
Do Cerrado aos Manguezais,
        
Gm   C7     F    Dm
Chegue a ti o nosso canto
    
G9/B    C7   F  C   (F)
Pela vida e pela paz. (2x)


02 - Vendo a riqueza dos biomas que criaste,
Feliz disseste: tudo é belo, tudo é bom!
E pra cuidar da tua obra nos chamaste
A preservar e cultivar tão grande dom (cf. Gn 1-2).

03 - Por toda a costa do país espalhas vida;
São muitos rostos - da Caatinga ao Pantanal:
Negros e índios, camponeses: gente linda,
Lutando juntos por um mundo mais igual.

04 - Senhor, agora nos conduzes ao deserto
E, então nos falas, com carinho, ao coração (cf. Os 2,16),
Pra nos mostrar que somos povos tão diversos,
Mas um só Deus nos faz pulsar o coração.

05 - Se contemplarmos essa "mãe" com reverência,
Não com olhares de ganância ou ambição,
O consumismo, o desperdício, a indiferença
Se tornam luta, compromisso e proteção (cf. LS, 207).

06 - Que entre nós cresça uma nova ecologia (cf. LS, Cap. IV),
Onde a pessoa, a natureza, a vida, enfim,
Possam cantar na mais perfeita sinfonia
Ao Criador que faz da terra o seu jardim.
                                                                 
Fonte: https://www.cifraclub.com/catolicas/hino-da-campanha-da-fraternidade-2017/
                                                                                     


O site oficial da Campanha da Fraternidade é www.cnbb.org.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.