Mostrando postagens com marcador Ano C Cantos Católico Cifra comunhão Missa ofertório partitura. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ano C Cantos Católico Cifra comunhão Missa ofertório partitura. Mostrar todas as postagens

sábado, 9 de novembro de 2019

Missa do dia 24/11/2019 - Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo - Ano C

Ano C
Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo

Entrada:
Tu és o Rei dos reis!/ O Deus do céu deu-Te Reino, Força e Glória,
E entregou em Tuas mãos a nossa história,Tu és Rei, e o amor é Tua lei!    

1. Sou o primeiro e o derradeiro,/ fui ungido pelo amor! Vós sois Meu povo; Eu, Vosso Rei/ e Senhor Redentor!    

2. Vos levarei ás grandes fontes,/ dor e fome não tereis!/ Vós sois Meu povo; Eu, Vosso Rei:/ Junto a Mim vivereis!
                                                                     

Música aqui: https://goo.gl/xHgLmR

Perdão:

                                                             

Hino de Louvor:  

Glória a Deus nas alturas – Frei Fabreti
                             



SALMO RESPONSORIAL - (DO SALMO 121/122)
 
R.: QUANTA ALEGRIA E FELICIDADE: VAMOS À CASA DO SENHOR./

1. Que alegria, quando ouvi que me disseram: "Vamos à casa do Senhor!" E agora nossos pés já se detêm, Jerusalém, em tuas portas./

2. Para lá sobem as tribos de Israel, as tribos do Senhor. Para louvar, segundo a lei de Israel, o nome do Senhor. A sede da justiça lá está e o trono de Davi.
                                                    

Aclamação:

                                                  
Ofertório: 
Bendito Sejas, Senhor
                                               


Santo:
Santo – Frei Luis Turra
                                               

Comunhão:

Final:
Se Maria Vais Comigo
                                                                          



Missa do dia 10/11/2019 - 32º Domingo do Tempo Comum




01. CANTO MEDITATIVO
Olho em tudo e sempre encontro a Ti. Estás no céu, na terra, aonde for, e em tudo que me acontece encontro o teu amor. Já não se pode mais deixar de crer no teu amor.
É impossível não crer em Ti, é impossível não te encontrar, é impossível não fazer de Ti meu ideal. (bis)


02. CANTO INICIAL (1)
Juntos como irmãos, membros da Igreja, vamos caminhando, vamos caminhando, juntos como irmãos, ao encontro do Senhor.
1. Na unidade caminhemos, foi Jesus quem nos uniu, nosso Deus hoje louvemos seu amor nos reuniu.
2. A Igreja está em marcha: a um mundo novo vamos nós onde reinará a paz onde reinará o amor.


03. CANTO INICIAL (2)
Alegres vamos à casa do Pai, e na alegria cantar seu louvor. Em sua casa somos felizes: participamos da ceia do amor.
1. A alegria nos vem do Senhor, seu amor nos conduz pela mão. Ele é luz que ilumina o seu povo com segurança lhe dá salvação.
2. O Senhor nos concede os seus bens, nos convida à sua mesa sentar. E partilha conosco o seu Pão, somos irmãos ao redor deste altar.
3. Voltarei sempre à casa do Pai, de meu Deus cantarei o louvor. Só será bem feliz uma vida que busca em Deus sua fonte de amor.

04. CANTO DE PERDÃO
1. Em cada caminho, que ponho os meus pés, encontro a Ti naqueles que passam estendendo as mãos. Chamando Tu estás, eu não quis ouvir, fechado em mim, faltou-me coragem pra exercer a missão.
Senhor, eu te peço perdão, pelas vezes que não acreditei que juntos podemos fazer deste mundo, um mundo de irmãos. Senhor, eu te peço perdão, pois o medo não me deixa agir. Faze-me um instrumento, um profeta que fala de ti.
2. Ouvindo a Palavra eu pude entender que estando sozinho, sem o outro, não estou em ti. O outro aparece mendigando o pão, querendo a partilha e não sendo profeta, também disse não.

05. HINO DO GLÓRIA
Glória, glória, anjos no céu cantam todos seu amor! E na terra, homens de paz: “Deus merece o louvor!”
1. Deus e Pai nós vos louvamos, adoramos bendizemos, damos glória ao vosso nome, vossos dons agradecemos!
2. Senhor nosso, Jesus Cristo, Unigênito do Pai, Vós, de Deus Cordeiro Santo, nossas culpas perdoai!
3. Vós que estais junto do Pai, como nosso intercessor, acolhei nossos pedidos, atendei nosso clamor!
4. Vós somente sois o Santo, o Altíssimo, o Senhor, com o Espírito divino, de Deus Pai no esplendor!



06. APRESENTAÇÃO DO LIVRO DA PALAVRA
Pela Palavra de Deus saberemos por onde andar. Ela é luz e verdade, precisamos acreditar.




LITURGIA DA PALAVRA
07. PRIMEIRA LEITURA
LEITURA DO SEGUNDO LIVRO DOS MACABEUS (7,1-2,9-14)

08. SALMO RESPONSORIAL (16 / 17)
                                                                          
                                                                                     

09. SEGUNDA LEITURA
LEITURA DA SEGUNDA CARTA DE SÃO PAULO AOS TESSALONICENSES (2, 16-3, 5)

10. CANTO DE ACLAMAÇÃO
Aleluia, aleluia, aleluia. (bis)
1. Jesus Cristo é o primogênito dos mortos; a Ele a glória e o domínio para sempre.

11. EVANGELHO
PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO LUCAS (20, 27-38)

12. ORAÇÃO PELA PAZ
Senhor, Deus da paz, tu que criastes os homens para serem herdeiros da Tua glória, nós Te bendizemos e agradecemos porque nos enviastes Jesus, Teu Filho bem-amado. Tu fizeste d’Ele, no mistério da Sua Páscoa, o realizador da nossa salvação, a fonte de toda paz, o laço de toda fraternidade. Agradecemos pelos desejos, esforços e realizações que Teu Espírito de paz suscitou em nossos dias, para substituir o ódio pelo amor, a desconfiança pela compreensão, a indiferença pela solidariedade. Abre mais ainda nosso espírito e nosso coração para as exigências concretas do amor a todos os nossos irmãos, para que sejamos, cada vez mais, artífices da paz. Lembra-Te, ó Pai, de todos os que lutam, sofrem e morrem para o nascimento de um mundo mais fraterno. Que para os homens de todas as raças e línguas venha Teu Reino de justiça, paz e amor. Amém.
(Papa Paulo VI)

13. CANTO DAS OFERENDAS (1)
1. Se meu irmão me estende a mão e pede um pouco de meu pão, eu não respondo ou digo “não”, errei de rumo e direção. Nesta mesa de perdão, o pão e o vinho elevarei e pensando em meu irmão, o meu Senhor receberei.
Quero ver no meu irmão a imagem dele, meu irmão que até nem tem o necessário pra ter paz. Quero ser pro meu irmão a resposta dele, eu que vivo mais feliz e, às vezes, tenho até demais.
2. O Corpo e Sangue do Senhor, o corpo e sangue de um irmão. O mesmo Pai e o mesmo amor, o mesmo rumo e direção. Nesta mesa do Senhor, sou responsável pela paz, de quem no riso e na dor, comigo vai buscar o Pai.

14. CANTO DAS OFERENDAS (2)
1. Mãos na terra e o coração além deste céu, e a semente que brota é um germe de eternidade vai brotando, crescendo, esperando é a vida que vem despontar e este trigo maduro, a colheita o recolherá
Estar em tuas mãos, ó Pai e a vida ofertar no pão e no vinho a Ti o céu se abrirá. Estar em tuas mãos, Senhor e a vida entregar a minha oblação em Ti
se perderá, frutificará.Frutificará, frutificará, frutificará!
2. Da videira a flor não restará, passará e o fruto da terra surgirá, brotará pela força do vento, da chuva e do sol que traz vida e calor cada dia, crescendo e aprendendo a recomeçar.

15. SANTO
Padre Cleidimar Moreira
Santo, Santo, Santo é o Senhor, Deus do Universo. (2x)
Os céus e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas, Hosana nas alturas! (bis)
Bendito o que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas, Hosana nas alturas! (bis)
Tu és Santo, tu és Santo, tu és Santo, Senhor.
Santo...


16. ABRAÇO DA PAZ
1. A paz que tenho eu te dou, a paz que tenho vem do Amor de Deus. A paz que tenho eu te dou, a paz que vem do meu Senhor.
Shalom, te amo, meu irmão. Jesus é nossa união, a verdadeira paz. (bis)
2. Buscando a graça e a oração, amando a todos os irmãos, colheremos o perdão, realizando a salvação.

17. HINO AO CORDEIRO
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo. Tende piedade,tende piedade, tende piedade de nós. (bis)
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo. Dai-nos a paz, dai-nos a paz, dai-nos a paz. Senhor, a vossa paz.
18. CANTO DE COMUNHÃO
1. Na mesa da Eucaristia, o amor se faz doação a um povo que vive e partilha, trabalha e constrói mundo irmão.
Comigo irá cear, o pão da vida ter quem até o fim fiel permanecer!
2. Na mesa da Eucaristia, lugar do encontro de iguais há um povo que quer a justiça, que sonha com um mundo de paz.
3. Na mesa da Eucaristia, a festa fazemos por crer que o povo alegre anuncia que a vida vai a morte vencer.
4. Na mesa da Eucaristia, divina lição de amar. Há um povo que sofre e caminha pra vida com alegria gerar.
5. Na mesa da Eucaristia, não deve haver divisão. Um povo que exclui outro povo, irmão que abandona outro irmão.
6. Na mesa da Eucaristia, miséria não pode existir, pois povo que aqui se alimenta, quer pão e amor dividir.
7. Na mesa da Eucaristia, é Cristo, o Deus comunhão. De um povo que quer nova terra, e unido construir novos céus!
19. CANTO DE COMUNHÃO (2)
1. Na comunhão Jesus se dá no pão, o Cordeiro Imolado é refeição, nosso alimento de amor e salvação. Em torno deste altar somos irmãos.
O pão da vida és tu, Jesus, o pão do céu. O caminho, a verdade, via de amor. Dom de Deus, nosso Redentor. (bis)
2. Toma e come, isto é meu corpo, que do trigo se faz pão e refeição, na Eucaristia o vinho se torna sangue, verdadeira bebida, nossa alegria.

20. CANTO FINAL 
Vamos em paz e o Senhor nos acompanhe para sempre! Nossa missão é construir um mundo novo, mais irmão!
1. Vamos repartir mais alegria num mundo que se esvazia do sentido de viver. Vamos crer na força da verdade para que a humanidade sinta a vida renascer.
2. Vamos neste mundo de incerteza, defender com mais firmeza o calor da união. Onde não houver fraternidade levemos nossa amizade em verdadeira comunhão.

terça-feira, 11 de junho de 2019

Missa do dia 23/06/2019 - 12º Domingo do Tempo Comum - Ano C

Ano C
“Tu és o Messias”

ENTRADA
Jesus Cristo, ontem, hoje e sempre
                                                         
ATO PENITENCIAL
Perdoai nossos pecados
                                                       
 
Hino de Louvor:
Glória a Deus _ Cristiane e Marcos da Matta
                                                                    
SALMO RESPONSORIAL - (62/63)
T. A minh’alma tem sede de vós, como a terra sedenta, ó meu Deus!

Feliz o homem que foi perdoado / e cuja falta já foi encoberta! / Feliz o homem a quem o Senhor / não olha mais como sendo culpado / e em cuja alma não há falsidade!
Eu confessei, afinal, meu pecado / e minha falta vos fiz conhecer. / Disse: “Eu irei confessar meu pecado!” / E perdoastes, Senhor, minha falta.
Sois para mim proteção e refúgio; / na minha angústia me haveis de salvar / e envolvereis a minha alma no gozo. / Regozijai-vos, ó justos, em Deus / e no Senhor exultai de alegria! / Corações retos, cantai jubilosos!
                                                            

Aclamação:
Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia
Minhas ovelhas escutam minha voz
Minha voz estão elas a escutar
Eu conheço, então, minhas ovelhas
Que me seguem comigo a caminhar.
                                                         
 
Canto das oferendas:
Sê bendito senhor para sempre
                                                                   

Santo:
Santo Frei Luiz Turra
                                                                       

Canto da comunhão –
Não existe amor sem entrega
Letra e Música: Frei Gotzon Aulestia (Cantai - CD 4 / CD Venham para a Ceia do Senhor - Paulus)

1 - Não existe amor sem entrega, / não existe amor sem a dor; / é a herança que Cristo nos lega: / Sem amor nada tem valor.
O Senhor nos convida à mesa, / a comer juntos do mesmo pão, / da Palavra, da fé, da esperança / e repartir com o nosso irmão.
2 - É feliz quem perdoa as ofensas, / quando dá nunca, olha o dom; / nem espera ganhar recompensa: / Sem amor nada tem valor.
3 - Quando ao triste arrancaste um sorriso, / teve fome e lhe deste o pão; / é uma dor que tiraste do Cristo: / Sem amor nada tem valor.
4 - Poderás falar línguas estranhas, / poderás ganhar mundo sem fim; / dominar junto a ti muita gente: / Sem amor nada tem valor.
5 - Quando vês o irmão que te chama / e abre a mão esperando um favor, / não pretendas fugir, tem presente: / Sem amor nada tem valor.
                                                            

Final
Quem perde a sua vida por mim


Quem perde a sua vida por mim a
Encontrará, a encontrará, a encontrará
Quem deixa seu pai por mim, sua mãe por
Mim, me encontrará, me encontrará

Não tenhas medo, não tenhas medo, eu
Estou aqui, eu estou aqui

Quem deixa sua terra por mim, seus bens
Por mim, seus filhos por mim, me encontrará

Não tenhas medo, eu conheço aqueles que
Elegi, aqueles que elegi.
                                                                 

Missa do dia 20/06/2019 - Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo - Ano C

Ano C
“Somente cinco pães e dois peixes.”
ANTÔNIO GOMIDE - Procissão - Aquarela - 20 x 30 - 1958

O Dia de 'Corpus Christi'
O nome 'Corpus Christi' vem do latim e significa 'Corpo de Cristo'.
A festa de Corpus Christi tem por objetivo celebrar solenemente o mistério da Eucaristia:
o Sacramento do Corpo , do Sangue, da alma e divindade de Jesus Cristo.
"Acontece sempre em uma quinta-feira, em alusão à Quinta-feira Santa, quando se deu a instituição deste sacramento. Durante a última ceia de Jesus com seus apóstolos, Ele mandou que celebrassem Sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho que se transformariam em seu Corpo e Sangue.
Através da Eucaristia, Jesus nos mostra que está presente ao nosso lado, e se faz alimento para nos dar força para continuar. Jesus nos comunica seu amor e se entrega por nós."
Origem da Celebração
"A celebração teve origem em 1243, em Liège, na Bélgica, no século XIII, quando a freira Juliana de Cornion teria tido visões de Cristo demonstrando-lhe desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque.
Em 1264, o Papa Urbano IV através da Bula Papal "Trasnsiturus de hoc mundo", estendeu a festa para toda a Igreja, pedindo a São Tomás de Aquino que preparasse as leituras e textos litúrgicos que, até hoje, são usados durante a celebração. Compôs o hino “Lauda Sion Salvatorem” (Louva, ó Sião, o Salvador), ainda hoje usado e cantado nas liturgias do dia pelos mais de 400 mil sacerdotes nos cinco continentes."


ENTRADA
Cristo, pão dos pobres
                                                                  


ATO PENITENCIAL
                                                                          

Hino de Louvor:
Glória Pe. Ney B. Pereira 
                                                     

SALMO RESPONSORIAL - (103/104)

                                                                                

Sequência:
Terra exulta de alegria
                                                                                 

Aclamação:
                                                                       

Canto das oferendas:
Dai-lhes de comer
                                                                                 

Santo:
                                                                   


Canto da comunhão –
Eu sou o pão que vem do céu
                                                                    

Final


                                                                   

Missa do dia 14/07/2024 - 15º Domingo do Tempo Comum - Ano B

Missa do dia 15/07/2018 - 15º Domingo do Tempo Comum - Ano B 01- Canto de Meditação Vidas pela vida, vidas pelo Reino, vida...