quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Missa do dia 18/08/2019 - Solenidade da Assunção de Nossa Senhora


La asunción de la virgen - Eugenio Cajés, 1603
Ano C
VOCAÇÃO PARA A VIDA CONSAGRADA:
Religiosos(as), consagrados e consagradas seculares

ENTRADA
De alegria vibrei no Senhor
                                                                    


ATO PENITENCIAL
Perdão Piedade de Nós
                                                               

Hino de Louvor:
Gloria a Deus
                                                               

SALMO RESPONSORIAL -  44 (45)
À vossa direita se encontra a rainha, com veste esplendente de ouro de Ofir.

 As filhas de reis vêm ao vosso encontro, / e à vossa direita se encontra a rainha / com veste esplendente de ouro de Ofir.

Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: / “Esquecei vosso povo e a casa paterna! / Que o Rei se encante com vossa beleza! / Prestai-lhe homenagem: é vosso Senhor!

Entre cantos de festa e com grande alegria, / ingressam, então, no palácio real”.
                                                                  

Aclamação:
Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia!

Maria é elevada ao céu; / alegrem-se os coros dos anjos.
                                                             

Canto de preparação das oferendas:
É grande o Senhor
                                                                   


Santo:
Santo – Frei Luis Turra
                                                               

Canto da comunhão –
Povo de Deus foi assim1. Povo de Deus, foi assim: Deus cumpriu a palavra que
diz: "Uma virgem irá conceber", e a visita de Deus me
fez mãe!  Mãe do Senhor, nossa mãe, nós queremos
contigo aprender / A humildade, a confiança total, e
escutar o teu Filho que diz:

Refrão:
Senta comigo à minha mesa, nutre a esperança, reúne
os irmãos! Planta meu reino, transforma a terra,
mais que coragem, tens minha mão!

2. Povo de Deus foi assim: nem montanha ou distância
qualquer / Me impediu de servir e sorrir. Visitei com
meu Deus. Fui irmã!  Mãe do Senhor, nossa mãe, nós
queremos contigo aprender / Desapego, bondade, teu
sim, e acolher o teu Filho que diz:

(Refrão)

3. Povo de Deus, foi assim: meu menino cresceu e
entendeu, Que a vontade do Pai conta mais, e a
visita foi Deus quem nos fez. / Mãe do Senhor, nosso
mãe, nós queremos contigo aprender / A justiça, a
vontade do Pai, e entender o teu Filho que diz:

(Refrão)

4. Povo de Deus, foi assim: da verdade jamais se
afastou. Veio a morte e ficou nosso pão. Visitou-nos
e espera por nós! / Mãe do Senhor, nossa mãe, nós
queremos contigo aprender / A verdade, a firmeza, o
perdão, e seguir o teu Filho que diz:

(Refrão)

                                                         

Final
Se Maria, vais comigo
                                                                         







domingo, 21 de julho de 2019

Missa do dia 11/08/2019 - 19º Domingo do Tempo Comum - Ano C

Ano C
Dia dos Pais
Mês Vocacional
VOCAÇÃO PARA A VIDA EM FAMÍLIA

Estátua de São João Maria Vianey – O Cura d'Ars
ENTRADA
Venham trabalhar na minha vinha
                                                  
ATO PENITENCIAL
Por nossas fraquezas humanas
Por nossas fraquezas humanas, Senhor tende piedade!
Por nosso injusto egoísmo, Senhor tende piedade!
Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!
Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!
Porque eu não fui solidário, Senhor tende piedade!
Porque fomos indiferentes, Senhor tende piedade!
Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!
Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!
Hino de Louvor:
Glória – Paulo L. Domingos
                                                                            

 
SALMO RESPONSORIAL - (32/33  )
Feliz  o  povo  que  o  Senhor  escolheu por sua herança!
                                                         
 
Aclamação:
Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia!
               
1. É preciso vigiar e ficar de prontidão, em que dia o Senhor há de vir, não sabeis não!
                                                                   

Canto de preparação das oferendas:

No teu altar Senhor
No teu altar, Senhor, coloco a minha vida em oração.
1. A alegria de amar e ser amado / quero em tuas mãos depositar.
2. O desejo de ser bom e generoso / faz-me viver com mais amor.
3. Os amigos que me deste e que são teus. / Tudo entrego a Ti, Senhor.
                                                          
Santo:
Santo Deus do universo
                                                                     
 
Cordeiro de Deus
                                                                      


Canto da comunhão
Sempre Prontos estejam vocês
                                                                   


Final
O Amor de Deus
O amor de Deus se mostra em pleno sol
Flore o jardim, dá vida ao beija-flor
Brinca no mar e as nuvens põe no céu
Pra me dizer: grande é teu valor!
Grande é teu valor!

O amor de Deus vem antes e depois
E vai além dos sonhos que aprendi
Não se desfaz, nem mesmo ao dizer não
É a luz que diz: filho, é por aqui!
Filho, é por aqui!

O amor de Deus renova os corações
Fala de paz, reparte sempre o pão
Fere o temor, enfrenta os desafios
Me faz dizer: tudo bem, irmão!
Tudo bem, irmão!

O amor de Deus compõe e recompõe
Estende a mão, jamais exclui alguém
Frente ao rancor, se firma no perdão
Fazendo ver: eu te quero bem!
Eu te quero bem!
                                                            

Missa do dia 04/08/2019 – 18º Domingo do Tempo Comum - Ano C

Ano C
"Esforçai-vos pelas coisas do alto"
Vocação para o Ministério Ordenado
Diáconos - Padres - Bispos


                                                  O rico insensato - Rembrandt
Entrada: Alegres vamos à casa do Pai
Tom: F
                              
    C7                   F             C7         F
Refrão: Alegres vamos à casa do Pai;
               Bb                          F
e na alegria cantar seu louvor!
              Gm                 F        Dm
Em sua casa, somos felizes:
            Gm          C7            F
Participamos da ceia do amor.
              Dm                       Gm     
1. A alegria nos vem do Senhor.
          C7                              F
Seu amor nos conduz pela mão.
          D7                              Gm
Ele é luz que ilumina o seu povo.
                 G7                           C7
Com segurança lhe dá a salvação.
                   
Refrão:
 
              Dm                       Gm     
2. O Senhor nos concede os seus bens/
          C7                              F
Nos convida à sua mesa sentar. /
          D7                              Gm
e partilha conosco o seu pão./
                 G7                           C7
Somos irmãos ao redor deste altar
                                                            

ATO PENITENCIAL
Perdoai nossos pecados
Perdoai nossos pecados
Perdoai nossos pecados
Perdoai nossos pecados ó Senhor
Vosso povo quer amar
Vosso povo é santo
Vosso povo é santo
Mas também é pecador
Tende piedade de nós
Piedade de nós
Piedade de nós ó Senhor
                                                   


Hino de Louvor:
Glória – CNBB Renato Bevilacqua

                                                                   
SALMO RESPONSORIAL - (89/90  )
                                                                
 
Aclamação:
Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia!
                     
1. Bem-aventurado quem é pobre diante de Deus. / Dessa gente é o Reino dos céus.


                                                          

Canto de preparação das oferendas:
Senhor vos ofertamos
                                                  

Santo:
Santo vamos proclamar
                                                              
  Abraço da Paz
Canto da comunhão –
O meu reino
1 - O meu Reino tem muito a dizer, não se faz como quem procurou, aumentar os celeiros bem mais e sorriu. Insensato, que vale tais bens, se hoje mesmo terás o teu fim? Que tesouros tu tens pra levar além.
Sim senhor, nossas mãos vão plantar o teu reino.
O teu pão vai nos dar teu vigor, tua paz.
2 - O meu reino se faz bem assim: Se uma ceia quiseres propor, não convide amigos, irmãos e outros mais. Sai à rua a procura de quem não puder recompensa te dar, que o teu gesto lembrado será por Deus.

3 - O meu reino quem vai compreender? Não se perde na pressa que tem, sacerdote e levita que vão se cuidar. Mas, se mostra em quem não se contem, se aproxima e procura o melhor para o irmão agredido que viu o chão.

4 - O meu reino não pode aceitar, quem se julga maior que os demais por cumprir os preceitos da lei, um a um a humilde de quem vai além e se empenha e procura o perdão, é o terreno onde pode brotar a paz.
 
5 - O meu reino é um apelo que vem, transformar as razões do viver, que te faz desatar tantos nós que ainda tens. Dizer sim é saberes repor tudo quanto prejuízo causou, dar as mãos, repartir, acolher, servir!
                                                             

Final
É o dízimo Senhor