quinta-feira, 26 de maio de 2016

Missa do dia 29/05/2016 – 9º Domingo do tempo comum

Ano C
“Nem mesmo em Israel encontrei tamanha fé”


Jesus cura o servo de um oficial

ENTRADA


ATO PENITENCIAL
Senhor tende piedade de nós.

Hino de Louvor:
Glória – Paulo L. Domingos 
                                                  

                                                                  


SALMO RESPONSORIAL - (116/117)

Proclamai o Evangelho a toda criatura!

1. Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes,/ povos todos, festejai-o!

2. Pois comprovado é seu amor para co
nosco,/ para sempre ele é fiel!
                                                                         

Aclamação:
Pela Palavra de Deus
                                                             


Canto das oferendas: Fala-me da vida
                                                                 


Santo:
Vamos Proclamar
                                                                   

Canto da comunhão –
 Vejam - Frei Fabreti                                                             

                                                                    



Final
 
IMACULADA MARIA DE DEUS, CORAÇÃO POBRE ACOLHENDO JESUS.
IMACULADA MARIA DO POVO, MÃE DOS AFLITOS QUE ESTÃO JUNTO À CRUZ.
UM CORAÇÃO QUE ERA “SIM” PARA A VIDA,
UM CORAÇÃO QUE ERA “SIM” PARA O IRMÃO.
UM CORAÇÃO QUE ERA “SIM” PARA DEUS:
REINO DE DEUS RENOVANDO ESTE CHÃO.
(REFRÃO)
OLHOS ABERTOS PRA SEDE DO POVO,
PASSO BEM FIRME QUE O MEDO DESTERRA.
MÃOS ESTENDIDAS QUE OS TRONOS RENEGAM,
REINO DE DEUS QUE RENOVA ESTA TERRA!
(REFRÃO)
FAÇA-SE, Ó PAI, VOSSA PLENA VONTADE:
QUE OS NOSSOS PASSOS SE TORNEM MEMÓRIA
DO AMOR FIEL QUE MARIA GEROU:
REINO DE DEUS ATUANDO NA HISTÓRIA.
(REFRÃO)                                                                    
                                                           

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Missa do dia 26/05/2016 – Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo

Ano C
“Somente cinco pães e dois peixes.”

ANTÔNIO GOMIDE - Procissão - Aquarela - 20 x 30 - 1958

O Dia de 'Corpus Christi'

O nome 'Corpus Christi' vem do latim e significa 'Corpo de Cristo'.
A festa de Corpus Christi tem por objetivo celebrar solenemente o mistério da Eucaristia:
o Sacramento do Corpo , do Sangue, da alma e divindade de Jesus Cristo.

"Acontece sempre em uma quinta-feira, em alusão à Quinta-feira Santa, quando se deu a instituição deste sacramento. Durante a última ceia de Jesus com seus apóstolos, Ele mandou que celebrassem Sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho que se transformariam em seu Corpo e Sangue.
Através da Eucaristia, Jesus nos mostra que está presente ao nosso lado, e se faz alimento para nos dar força para continuar. Jesus nos comunica seu amor e se entrega por nós."


Origem da Celebração

"A celebração teve origem em 1243, em Liège, na Bélgica, no século XIII, quando a freira Juliana de Cornion teria tido visões de Cristo demonstrando-lhe desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque.
Em 1264, o Papa Urbano IV através da Bula Papal "Trasnsiturus de hoc mundo", estendeu a festa para toda a Igreja, pedindo a São Tomás de Aquino que preparasse as leituras e textos litúrgicos que, até hoje, são usados durante a celebração. Compôs o hino “Lauda Sion Salvatorem” (Louva, ó Sião, o Salvador), ainda hoje usado e cantado nas liturgias do dia pelos mais de 400 mil sacerdotes nos cinco continentes."


ENTRADA
Cristo, pão dos pobres
                                                                  



ATO PENITENCIAL
                                                                          


Hino de Louvor:
Glória Pe. Ney B. Pereira 
                                                     

SALMO RESPONSORIAL - (103/104)

                                                                                


Sequência:
Terra exulta de alegria
                                                                                 


Aclamação:
                                                                       

Canto das oferendas:
Dai-lhes de comer
                                                                                 



Santo:
                                                                   


Canto da comunhão –
Eu sou o pão que vem do céu
                                                                    

Final


                                                                   

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Missa do dia 22/05/2016 – Solenidade da Santíssima Trindade

Ano C
“A esperança não decepciona.”

Hendrik van Balen - Pintor barroco flamengo (1575-1632)

ENTRADA
Deus eterno, a Vós louvor
                                                           


Outra Opção
 
1. Do coração da Trindade / toda harmonia brotou: /
"Façam-se estrelas e o mundo", / e a humanidade
acordou. / O paraíso perfeito, / sonho que a gente carrega,
/ só a liberdade o cultiva, / só a liberdade o renega.
O coração da Trindade, / como de tudo sabia, / desde o
começo contava / com o teu sim, ó Maria!
2. No coração da Trindade / nosso destino se inscreve: / todos
irmãos neste mundo, / que é uma passagem tão breve! /
Mas ambição, prepotência / logo põem tudo a perder. /
"Deus, entretanto, não perde!" / vêm os profetas dizer.
3. O coração da Trindade / sempre descobre um caminho: /
ouve os clamores do povo / e não o deixa sozinho. / Vem
partilhar nossa dor / num compromisso profundo: / no
coração de um menino / Deus é um Irmão neste mundo!
                                                               


ATO PENITENCIAL
Senhor tende piedade de nós.
                                                            

Hino de Louvor:
Glória Pe. Ney B. Pereira 
                                                          


SALMO RESPONSORIAL - (103/104)

R.:Ó SENHOR, NOSSO DEUS, COMO É GRANDE VOSSO NOME POR TODO O UNIVERSO!/

1. Contemplando estes céus que plasmastes e formastes com dedos de artista; vendo a lua e estrelas brilhantes, perguntamos: “Senhor, que é o homem, para dele assim vos lembrardes e o tratardes com tanto carinho?/

2. Pouco abaixo de Deus o fizestes, coroando-o de glória e esplendor; vós lhe destes poder sobre tudo, vossas obras aos pés lhe pusestes./

3. As ovelhas, os bois, os rebanhos, todo o gado e as feras da mata; passarinhos e peixes dos mares, todo ser que se move nas águas.

                                                             
 
Aclamação:
ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA! (BIS) / Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Divino, ao Deus que é, que era e que vem, pelos séculos. Amém.

Canto das oferendas:
Ó Trindade imensa e una
                                                           

Santo:
                                                               


Canto da comunhão –
1. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é o meu próprio pensar. / O teu sonho é partilha e convida / todo ser a saber partilhar.
Teu Amor é de Pai e de Filho, / sem limite, é de eterno vigor, / é de Espírito Santo teu brilho, / é total Comunhão teu Amor!
2. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é o que posso fazer. / O universo confirma que a vida / é o sublime destino do ser.
3. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é o que posso dizer. / Minha voz é tão frágil, partida, / só tua voz é que ensina a viver.
4. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é o que sei merecer. / Meu sustento, razão, minha lida / só tuas mãos é que podem manter.
5. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é meu próprio querer. / Quero a paz nesta terra sofrida, / e tu queres o céu estender.
                                                                 

Final
1. Quando a história amadurece, / Nazaré fica
surpresa: / uma virgem se oferece, / Deus se senta
à nossa mesa! (Bis)
Glória a ti, Deus do universo, / o teu Sopro vive em
mim! / Tu reúnes o disperso! / Tu sustentas o meu sim!
2. Pelas ruas a verdade / ganha força, ganha vida.
/ Pra manter fidelidade, / junto à cruz a mãe
ferida! (Bis)
3. Foi-se ao chão bela semente. / Nova luz, nova
memória! / E Maria, Mãe presente: / "Renovemos

toda a história!" (Bis).
                                                            

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Missa do dia 15/05/2016 – Domingo de Pentecostes


Ano C
Recebei o Espírito Santo


Jean Restout   Pentecost 1732 Musée du Louvre Paris

ENTRADA
O Espírito do Senhor

Outra opção
Estaremos aqui reunidos
                                                                        

ATO PENITENCIAL
Senhor vós sois o caminho
                                                             
Hino de Louvor:
Glória a Deus nos altos céus
                                                            

SALMO RESPONSORIAL - (103/104)
Enviai o vosso Espírito Senhor (bis)
E da terra toda face renovai (bis)
                                                                 

Sequência
A nós descei, divina luz                                        
                                                                 
 A nós descei, Divina Luz!
A nós descei, Divina Luz!
Em nossas almas acendei
O amor, o amor de Jesus!
Em nossas almas acendei
O amor, o amor de Jesus!

1. Vinde, Santo Espírito, e do céu mandai
Luminoso raio, luminoso raio!
Vinde, Pai dos pobres, doador dos dons
Luz dos corações, luz dos corações!
Grande defensor, em nós habitai
E nos confortai, e nos confortai!
Na fadiga, pouso; no ardor, brandura
E na dor, ternura, e na dor, ternura!

2. Ó Luz venturosa, divinais clarões
Encham os corações, encham os corações!
Sem um tal poder, em qualquer vivente
Nada há de inocente, nada há de inocente!
Lavai o impuro e regai o seco
Sarai o enfermo, sarai o enfermo!
Dobrai a dureza, aquecei o frio
Livrai do desvio, livrai do desvio!

3. Aos fiéis que oram, com vibrantes sons
Dai os sete dons, dai os sete dons!
Dai virtude e prêmio, e no fim dos dias
Eterna alegria, eterna alegria!
Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!
Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!

Aclamação:
Aleluia cantamos vibrando



Canto das oferendas:
Pão e vinho, Pai, poremos
                                                               
                                                                 
                                                                               

Santo:
                                                                      


Canto da comunhão –
Senhor vem dar-nos sabedoria
                                                                           

Final

O amor de Deus cobriu
                                                                              

Missa do dia 14/07/2024 - 15º Domingo do Tempo Comum - Ano B

Missa do dia 15/07/2018 - 15º Domingo do Tempo Comum - Ano B 01- Canto de Meditação Vidas pela vida, vidas pelo Reino, vida...