segunda-feira, 29 de maio de 2017

Missa do 11º Domingo do Tempo Comum - Ano A

“O REINO DO CÉU ESTÁ PRÓXIMO!”
                                                                     
Communion of the Apostles (1512), Luca Signorelli

ENTRADA
Ó Senhor ouve o meu grito
10º ao 13º Domingo do Tempo Comum
                                                         


                                                     

ATO PENITENCIAL
Por nossas fraquezas humanas

Hino de Louvor:Glória a Deus nos céus - Pe. Ney Brasil
         
  
SALMO RESPONSORIAL - (99/100)

R.:  Nós somos o povo e o rebanho do Senhor. 

- Aclamai o Senhor, ó terra inteira, servi ao Senhor com alegria, ide a ele cantando jubilosos!

- Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, Ele mesmo nos fez, e somos seus, nós somos seu povo e seu rebanho.

- Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, sua bondade perdura para sempre, seu amor é fiel eternamente!
                                                               
                                                       
Entrada da Palavra: 

Quando chegou a palavra
Pe. Zezinho
Tom: D
     D         A7             Bm
A palavra do Senhor quando chegou
A/C#      D        G       D
Desinstalou       meu coração
     D                   A7          Bm
Ao chegar, desafiou-me a exigir
A/C#      (Bm A G)            D
Uma resposta de  sim  ou  não

   G                  Em     G           Em
È fácil dizer sim, é fácil dizer não
        G                        Em    G              D   Em
Mas dói depois do sim, dói depois do não
F#m      Bm          E4 E
A.... Palavra do Senhor
                   Em            (F# G A)
Depois que ela passou nada mais
 A                           D
Será do jeito que já foi

Música: https://goo.gl/S1bb8s                                                               

Aclamação: 
                                                           

                                                                 
Canto das oferendas:

                                                                 

                                                                             
Santo:
Santo Ir. Miria T. Koling
                                                                     

Doxologia
O grande amém
                                                              

Canto da comunhão

                                                                        

                                                                         

Final
Caminhando com Maria
                                                                     

Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo - Ano A

“MISTÉRIO DE AMOR E VÍNCULO DE UNIDADE!”
                                                                    
                                                               
ANTÔNIO GOMIDE - Procissão - Aquarela - 20 x 30 - 1958
  
ENTRADA
Cristo, pão dos pobres
                                                                  



ATO PENITENCIAL
                                                                          


Hino de Louvor:Glória Pe. Ney B. Pereira 
                                                     

SALMO RESPONSORIAL - (147/148) 
                                                                                
Sequência:
Terra exulta de alegria
                                                                                 


Aclamação:
                                                                       

Canto das oferendas:
Dai-lhes de comer
                                                                                 



Santo:
                                                                   


Canto da comunhão –Eu sou o pão que vem do céu
                                                                    

Final


                                                                   

Solenidade da Santíssima Trindade – Ano A


“COM O PAI, NO FILHO, PELO ESPÍRITO!”
                                                                     
Hendrik van Balen - Pintor barroco flamengo (1575-1632)



ENTRADA
Deus eterno, a Vós louvor
                                                           


Outra Opção
 
1. Do coração da Trindade / toda harmonia brotou: /
"Façam-se estrelas e o mundo", / e a humanidade
acordou. / O paraíso perfeito, / sonho que a gente carrega,
/ só a liberdade o cultiva, / só a liberdade o renega.
O coração da Trindade, / como de tudo sabia, / desde o
começo contava / com o teu sim, ó Maria!
2. No coração da Trindade / nosso destino se inscreve: / todos
irmãos neste mundo, / que é uma passagem tão breve! /
Mas ambição, prepotência / logo põem tudo a perder. /
"Deus, entretanto, não perde!" / vêm os profetas dizer.
3. O coração da Trindade / sempre descobre um caminho: /
ouve os clamores do povo / e não o deixa sozinho. / Vem
partilhar nossa dor / num compromisso profundo: / no
coração de um menino / Deus é um Irmão neste mundo!
                                                               


ATO PENITENCIAL
Senhor tende piedade de nós.
                                                            

Hino de Louvor:Glória Pe. Ney B. Pereira 
                                                          

SALMO RESPONSORIAL 

 
Aclamação: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA! (BIS)
/ Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Divino, ao Deus que é, que era e que vem, pelos séculos. Amém.

Canto das oferendas:
Ó Trindade imensa e una
                                                           

Santo:
                                                               


Canto da comunhão –1. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é o meu próprio pensar. / O teu sonho é partilha e convida / todo ser a saber partilhar.
Teu Amor é de Pai e de Filho, / sem limite, é de eterno vigor, / é de Espírito Santo teu brilho, / é total Comunhão teu Amor!
2. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é o que posso fazer. / O universo confirma que a vida / é o sublime destino do ser.
3. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é o que posso dizer. / Minha voz é tão frágil, partida, / só tua voz é que ensina a viver.
4. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é o que sei merecer. / Meu sustento, razão, minha lida / só tuas mãos é que podem manter.
5. Teu Amor vai além da medida, / se a medida é meu próprio querer. / Quero a paz nesta terra sofrida, / e tu queres o céu estender.
                                                                 

Final
1. Quando a história amadurece, / Nazaré fica
surpresa: / uma virgem se oferece, / Deus se senta
à nossa mesa! (Bis)
Glória a ti, Deus do universo, / o teu Sopro vive em
mim! / Tu reúnes o disperso! / Tu sustentas o meu sim!
2. Pelas ruas a verdade / ganha força, ganha vida.
/ Pra manter fidelidade, / junto à cruz a mãe
ferida! (Bis)
3. Foi-se ao chão bela semente. / Nova luz, nova
memória! / E Maria, Mãe presente: / "Renovemos

toda a história!" (Bis).
                                                            


quinta-feira, 25 de maio de 2017

Solenidade de Pentecostes – Ano A

                                                                
“O PAI ME ENVIOU! TAMBÉM VOS ENVIO!”
                                                                     



ENTRADA

Ref.: O amor de Deus foi derramado em nossos corações
Pelo seu Espírito que habita em nós, aleluia!

1. Comigo engrandecei ao Senhor Deus,
Exaltemos todos juntos o seu nome!
Todas as vezes que o busquei ele me ouviu
E de todos os temores me livrou.

2. Contemplai a vossa face e alegrai-vos
E vosso rosto não se cubra de vergonha!
Provai e vede quão suave é o Senhor!
Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

3. Clamam os justos e o Senhor bondoso escuta
E de todas as angústias os liberta.
Do coração atribulado ele está perto
E conforta os de espírito abatido.
                                                               

Outra opção
Estaremos aqui reunidos
                                                                        

ATO PENITENCIAL
Senhor vós sois o caminho
                                                             
Hino de Louvor:
Glória a Deus nos altos céus
                                                            

SALMO RESPONSORIAL - (103/104) Enviai o vosso Espírito Senhor (bis)
E da terra toda face renovai (bis)
                                                                 

SequênciaA nós descei, divina luz                                        
                                                                 
 A nós descei, Divina Luz!
A nós descei, Divina Luz!
Em nossas almas acendei
O amor, o amor de Jesus!
Em nossas almas acendei
O amor, o amor de Jesus!

1. Vinde, Santo Espírito, e do céu mandai
Luminoso raio, luminoso raio!
Vinde, Pai dos pobres, doador dos dons
Luz dos corações, luz dos corações!
Grande defensor, em nós habitai
E nos confortai, e nos confortai!
Na fadiga, pouso; no ardor, brandura
E na dor, ternura, e na dor, ternura!

2. Ó Luz venturosa, divinais clarões
Encham os corações, encham os corações!
Sem um tal poder, em qualquer vivente
Nada há de inocente, nada há de inocente!
Lavai o impuro e regai o seco
Sarai o enfermo, sarai o enfermo!
Dobrai a dureza, aquecei o frio
Livrai do desvio, livrai do desvio!

3. Aos fiéis que oram, com vibrantes sons
Dai os sete dons, dai os sete dons!
Dai virtude e prêmio, e no fim dos dias
Eterna alegria, eterna alegria!
Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!
Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!

Aclamação:
Aleluia cantamos vibrando



Canto das oferendas:
Ref.: Suscitai, ó Senhor Deus, Suscitai vosso poder,
Confirmai este poder 
Que por nós manifestastes!

1. Contemplamos, ó Senhor, vosso cortejo que desfila,
É a entrada do meu Deus, do meu Rei, no santuário.

2. Os cantores vão à frente, vão atrás os tocadores
E no meio vão as jovens a tocar seus tamborins.

3. Reinos da terra, celebrai o nosso Deus, cantai-lhe salmos!
Eis que eleva e faz ouvir a sua voz, voz poderosa.

4. Em seu templo ele é terrível e a seu povo dá poder,
Bendito seja o Senhor Deus, agora e sempre. Amém, amém!
                                                                                 
                                                                                


Santo:
                                                                      


Canto da comunhão –
Todos ficaram cheios do Espírito Santo
Ref.: Todos ficaram cheios do Espírito Santo
E proclamavam as maravilhas de Deus! Aleluia!

1. Ó justos, alegrai-vos no Senhor,
Aos retos fica bem glorificá-lo.
Dai graças ao Senhor ao som da harpa,
Na lira de dez cordas celebrai-o!

2. A palavra do Senhor criou os céus
E o sopro de seus lábios, as estrelas.
Como num odre junta as águas do oceano
E mantém no seu limite as grandes águas.

3. Adore o Senhor a terra inteira
E o respeitem os que habitam o universo!
Ele falou e toda a terra foi criada,
Ele ordenou e as coisas todas existiram.

4. No Senhor nós esperamos confiantes,
Porque ele é nosso auxílio e proteção!
Por isso o nosso coração se alegra nele,
Seu santo nome é para nós uma esperança.
                                                               


Outra opção:
Senhor vem dar-nos sabedoria
                                                                           

Final

O amor de Deus cobriu