sábado, 1 de setembro de 2018

Missa do dia 23/09/2018 - 25º Domingo do Tempo Comum - Ano B

SER AQUELE QUE SERVE!

 

ENTRADA

Senhor escuta as preces
Tom: G
Refrão:
       Em                Bm            Am   D           B7   Em   F#m              B7
  Senhor, escuta as preces/ Do servo teu/ Do povo teu eleito e bem amado/
     Em                         Bm       Am    D                 B7     Em        F#m     B7       Em
Dá paz aos que em ti crêem/ E verdadeiros/ Teus mensageiros se achem comprovados!

                       Em            Bm      Am   D           B7   Em          F#m              B7
(25º Dom.)  Eu sou a salvação/ do povo meu/ do povo meu, quem diz e o Senhor/
        Em                Bm             Am     D       B7  Em    F#m          B7      Em
Se o povo por mim clama/ Seu Deus serei/ e ouvirei pra sempre o seu clamor.

                       Em               Bm           Am   D           B7   Em       F#m             B7
(26º Dom.)  Senhor, tu tens razão/ Bem feito foi// Bem feito foi Pois contra a ti pecamos/
       Em         Bm     Am   D            B7    Em    F#m      B7  Em
Mas pela tua honra/ Misericórdia/de nós, agora, a ti nós suplicamos.

                       Em                Bm      Am     D          B7     Em  F#m              B7
(27º Dom.)  Senhor, em tuas mãos/ A nossa vida/ A nossa lida, a ti ninguém resiste/
    Em              Bm       Am     D            B7  Em       F#m  B7         Em
Ó Deus do universo/ O céu e a terra/ Tu os fizestes e tudo quanto existe.

(Estrofes)

                                  Am            D               Em
1- Quem confia no Senhor/ É qual monte de Sião/
             C                     F#m                B7                 Em
Não tem medo, não se abala/ Está bem firme no seu chão.

                              Am          D            Em
2- As montanhas rodeiam/ A feliz Jerusalém/
         C                    F#m         B7                 Em
O Senhor cerca seu povo/ Para não temer ninguém.

                                      Am              D            Em
3- Venha a paz para o teu povo/ O teu povo de Israel/
             C                  F#m           B7                  Em
Venha a paz para o teu povo/ Pois tu És um Deus fiel.

                                  Am                 D               Em
4- a mão dura dos malvados/ Não esmague as criaturas/
             C                     F#m                B7              Em
Para os justos não mancharem/ Suas mãos em aventuras.
                                                                




Música: Aqui
ATO PENITENCIAL
Por nossas fraquezas humanas
Senhor, tende piedade!

Por nosso injusto egoísmo
Senhor, tende piedade!

Por nossas faltas de fé e de amor
Piedade, piedade Senhor! (BIS)

Porque eu não fui solidário
Senhor, tende piedade!

Porque fomos indiferentes
Senhor, tende piedade!                                                                 

Hino de Louvor:Gloria – Paulo L. Domingos
                                                           


ENTRADA DO LIVRO DA PALAVRA 
Fazei ressoar a Palavra de Deus em todo lugar! (bis)
1. Na cultura, na história, vamos expressar, levando a Palavra de Deus em todo o lugar. Vamos lá!
2. Na cultura popular, vamos catequizar, celebrando fé e vida em todo lugar. Vamos lá!
3. O Evangelho é a Palavra, que Deus Pai proclamou. Só Ele é o Caminho, Verdade, Vida e amor. Vamos lá!


LITURGIA DA PALAVRA
PRIMEIRA LEITURA
LEITURA DO LIVRO DA SABEDORIA (2, 12.17-20)
Os ímpios dizem, armemos ciladas ao justo, porque sua presença nos incomoda:
ele se opõe ao nosso modo de agir, repreende em nós as transgressões da lei
e nos reprova as faltas contra a nossa disciplina. Vejamos, pois, se é verdade o que ele diz, e comprovemos o que vai acontecer com ele. Se, de fato, o justo é 'filho de Deus', Deus o defenderá e o livrará das mãos dos seus inimigos. Vamos pô-lo à prova com ofensas e torturas, para ver a sua serenidade e provar a sua paciência; vamos condená-lo à morte vergonhosa, porque, de acordo com suas palavras, virá alguém em seu socorro'. Palavra do Senhor.
                                                                     


Salmo Responsorial  / Sl 114

Andarei na presença de Deus, junto a Ele, na terra dos vivos. (bis)

- Eu amo o Senhor, porque ouve o grito da minha oração. Inclinou para mim seu ouvido, no dia em
que eu o invoquei.

- Prendiam-me as cordas da morte, apertavam- me os laços do abismo; invadiam-me angústia e
tristeza: eu então invoquei o Senhor “Salvai, óSenhor, minha vida!”

- O Senhor é justiça e bondade, nosso Deus éamor-compaixão. É o Senhor quem defende os humildes: eu estava oprimido, e salvou-me.

- Libertou minha vida da morte, enxugou de meus olhos o pranto e livrou os meus pés do tropeço.
Andarei na presença de Deus, junto a Ele na terra dos vivos.

Obs: A mesma melodia da partitura abaixo.
                                                               
                                                                           

SEGUNDA LEITURA
LEITURA DA CARTA DE SÃO TIAGO (3, 16-4,3)
Caríssimos, onde há inveja e rivalidade, aí estão as desordens e toda espécie de obras más. Por outra parte, a sabedoria que vem do alto é, antes de tudo, pura, depois pacífica, modesta, conciliadora, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade e sem fingimento. O fruto da justiça é semeado na paz, para aqueles que promovem a paz. De onde vêm as guerras? De onde vêm as brigas entre vós? Não vêm, justamente, das paixões que estão em conflito dentro de vós? Cobiçais, mas não conseguis ter. Matais e cultivais inveja, mas não conseguis êxito. Brigais e fazeis guerra, mas não conseguis possuir. E a razão está em que não pedis. Pedis, sim, mas não recebeis, porque pedis mal. Pois só quereis esbanjar o pedido nos vossos prazeres. Palavra do Senhor.

Aclamação:

Aleluia, aleluia, aleluia! aleluia!
1. Pelo Evangelho o Pai nos chamou, a fim de alcançarmos a glória de Nosso Senhor Jesus Cristo.
                                                           

EVANGELHO
PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO MARCOS (9, 30-37)
Naquele tempo, Jesus e seus discípulos atravessavam a Galiléia. Ele não queria que ninguém soubesse disso, pois estava ensinando a seus discípulos. E dizia-lhes: 'O Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos homens, e eles o matarão. Mas, três dias após sua morte, ele ressuscitará'. Os discípulos, porém, não compreendiam estas palavras e tinham medo de perguntar. Eles chegaram a Cafarnaum. Estando em casa, Jesus perguntou-lhes: 'O que discutíeis pelo caminho?' Eles, porém, ficaram calados, pois pelo caminho tinham discutido quem era o maior. Jesus sentou-se, chamou os doze e lhes disse: 'Se alguém quiser ser o primeiro, que seja o último de todos e aquele que serve a todos!' Em seguida, pegou uma criança, colocou-a no meio deles, e abraçando-a disse: 'Quem acolher em meu nome uma destas crianças, é a mim que estará acolhendo. E quem me acolher, está acolhendo, não a mim, mas àquele que me enviou'. Palavra da Salvação.
Canto de preparação das oferendas:

1. As mesmas mãos que plantaram a semente aqui estão
O mesmo pão que a mulher preparou aqui está
O vinho novo que a uva sangrou jorrará no nosso altar!

Ref.: A liberdade haverá, a igualdade haverá
E nesta festa onde a gente é irmão
O Deus da vida se faz comunhão!(BIS)

2. Na flor do altar o sonho da paz mundial
A luz acessa é fé que palpita hoje em nós
Do livro aberto o amor se derrama total no nosso altar!

3. Bendito sejam os frutos da terra de Deus
Benditos sejam o trabalho e a nossa união
Bendito seja Jesus que conosco estará além do altar!
                                                                                      


Santo: 

Santo - Padre Cleidimar Moreira
Santo, Santo, Santo é o Senhor, Deus do Universo. (2x)
Os céus e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas, Hosana nas alturas! (bis)
Bendito o que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas, Hosana nas alturas! (bis)
Tu és Santo, tu és Santo, tu és Santo, Senhor.


Comunhão
O mal que sai de nós,

que vem do coração,
impuros, sim, nos faz,
diz o Senhor, irmãos!
O mal que sai de nós,
do coração!

1. Meu coração penetras
e lês meus pensamentos.
Se luto ou se descanso,
tu vês meus movimentos.
De todas as minhas palavras
tu tens conhecimento.

2. Quisesse eu me esconder
do teu imenso olhar,
subir até o céu,
na terra me entranhar,
atrás do horizonte,
lá, iria te encontrar!

3. Por trás e pela frente,
teu ser me envolve e cerca.
O teu saber me encanta,
me excede e me supera.
Tua mão me acompanha,
me guia e me acoberta.

4. Se a luz do sol se fosse,
que escuridão seria!
Se as trevas me envolvessem,
o que adiantaria?
Pra ti, Senhor, a noite
é clara como o dia!

5 As fibras do meu corpo
teceste e entrançaste.
No seio de minha mãe
bem cedo me formaste.
Melhor do que ninguém
me conheceste e amaste!

6. Teus planos insondáveis!
Sem fim, tuas maravilhas!
Contá-las eu quisera,
mas quem o poderia?
Como da praia a areia, 
só tu as saberias!

7. Que os maus da terra sumam,
pereçam os violentos,
que tramam contra ti
com vergonhoso intento,
abusam do teu nome
para seus planos sangrentos.

8. Mas vê meu coração
e minha angústia sente.
Olha, Senhor, meus passos,
se sou erradamente,
me bota no caminho
da vida para sempre!

Refrão do 22º Domingo do Tempo Comum (Ano B)
O mal que sai de nós,
que vem do coração,
impuros, sim, nos faz,
diz o Senhor, irmãos!
O mal que sai de nós,
do coração!

Refrão do 23º Domingo do Tempo Comum (Ano B)
Todas as coisas bem
fez o Senhor Jesus,
ouvir os surdos fez
dos cegos foi a luz;
os mudos fez falar
Cristo Jesus. 
ou
Do mundo eu sou a luz,
quem me quiser seguir,
nas trevas não irá,
a luz vai possuir. 
Do mundo eu sou a luz
vem me seguir. 

Refrão do 24º Domingo do Tempo Comum (Ano B)

Se alguém me quer seguir,
a si tem que negar,
tomar a cruz e vir
comigo a caminhar...
Se alguém me quer seguir,
a cruz tomar!

Refrão do 25º Domingo do Tempo Comum (Ano B)
Primeiro quem será?
O último há de ser...
A todos vai servir,
Jesus nos vem dizer...
Primeiro há de ser,
quem mais servir.
ou
Eu sou o bom pastor,
conheço minha grei
e conhecido eu sou
por meu rebanhos, eu sei.
Eu sou o bom pastor,
vocês, a grei!
                                                               

Música aqui

Comunhão - segunda opção

1. Que bom te receber no meu coração, te tocar ter- te em minhas mãos, com carinho te acolher e contigo ser um só.
2. Ter contigo uma perfeita comunhão, Corpo e sangue vinho e pão milagre de amor, fonte de vida.
Ó meu Jesus eucaristia eu te recebo em comunhão, pois mesmo sem que eu mereça vens fazer morada no meu coração. Eu te adoro meu Jesus doce mistério no meu coração como um Deus tão grande e soberano se faz pequeno em um pedaço de pão, só por amor.
                                                                 
                                                                               
Canto Final
Vamos em paz

Refrão: Vamos em paz, e o Senhor nos acompanhe para sempre./ Nossa missão e construir um mundo novo, mais irmão.

1. Vamos repartir mais alegria num mundo que se esvazia do sentido de viver./ Vamos crer na força da verdade. Para que a humanidade sinta a vida renascer.

2. Vamos neste mundo de incerteza defender com mais firmeza o calor da união./ Onde não houver fraternidade levemos nossa amizade em verdadeira comunhão.
                                                             

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.