sexta-feira, 20 de março de 2015

Missa do 5º Domingo da Quaresma – 22/03/2015

A entrega que gera esperança e paz!


Entrada - Irei a Ti
Intro: Fmaj7  G  Cmaj7  G
      Fmaj7 G                  Em7  Amaj7            Dm7/9 Gmaj7               Cmaj7 G
Irei a Ti,     Senhor dos Senhores, Pai da eternidade, Deus de eterno amor.
      Fmaj7 G                  Em7  Amaj7            Dm7/9 Gmaj7               Cmaj7 G
Irei a Ti,     com hinos de glória.      Cantando a vitória      de um Deus Vencedor.

Gmaj7    Cmaj7    G#dim     Am7    Am7/C  Dm7       Dm7/C  Dm7/G
     No deserto teu povo, Senhor.    Teve     fome, mas teve alegria.
Dm7/A Dm7   Dm7/A      Dm7/B   Dm7/A      Fmaj7         Gmaj7     Cmaj7
Ani---mados cantavam louvores.       Ao Senhor, que dá o pão, que sacia
Gmaj7    Cmaj7     C7/9        Fmaj7      G7/9m     E7      Fmaj7
      Preferida de Deus, povo eleito:  Protegido por imenso amor.
   F#dim        G11    Cmaj7   Am7  Dm7/9    Gmaj7      Cmaj7 G
Como nuvem as cobria do sol.    Como  brisa aliviada o calor.

Este povo às vezes cansado, sem coragem, querendo voltar, /
mas chorando pedia perdão: "Meu Senhor, vamos recomeçar!" /
Sim, iremos a Ti, Pai de amor, como o povo da tua aliança, /
mesmo quando esquecemos tuas leis, muitas vezes perdendo a esperança.

Hoje, povo da Nova Aliança, prosseguimos, fazendo a história, /
esperando por Cristo que vem com poder majestoso em sua glória. /
Nós iremos a Ti, meu Jesus, como ovelhas que seguem o pastor. /
Peregrino, este povo é teu povo, caminhamos pra Ti, meu Jesus.
Perdão: Perdão Senhor

Cm                     G                      Cm
Eu confesso a Deus e a vós irmãos
                Bb            Eb         C7
Tantas vezes pequei, não fui fiel
        Fm                        G         Cm                 G#
Pensamentos e palavras, atitudes e omissões
               D7           G            Cm        C7
Por minha culpa, tão grande culpa

 Fm       Bb      Eb  Cm      Fm     G   Cm   C7
Senhor piedade, Cristo piedade, tem piedade ó senhor
 Fm       Bb      Eb  Cm      Fm     G   Cm    G# Cm
Senhor piedade, Cristo piedade, tem piedade ó senhor

Cm                     G                      Cm
Peço à Virgem Maria, nossa mãe,
                Bb            Eb         C7
E a vós meus irmãos, rogueis por mim
        Fm                             G                  Cm                    G#
A Deus pai que nos perdoa e nos sustenta em suas mão
               D7             G            Cm        C7
Por seu amor, tão grande amor.

Salmo responsorial 50 (51):

Criai em mim um coração que seja puro.

Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! / Na imensidão de vosso amor, purificai-me! / Lavai-me todo inteiro do pecado / e apagai completamente a
minha culpa!

Criai em mim um coração que seja puro, / dai-me de novo um espírito decidido. / Ó Senhor, não me afasteis de vossa face, / nem retireis de mim o vosso Santo
Espírito!

Dai-me de novo a alegria de ser salvo / e confirmai-me com espírito generoso! / Ensinarei vosso caminho aos pecadores, / e para vós se voltarão os transviados.


Aclamação: (986) G
G                         C         G      C           G   Em     Am   D         G
Louvor e glória a Ti, Senhor, Cristo Pala.....vra, Pala..vra de Deus!

G                   Em                            D
Eu sou a ressurreição, eu sou a vida.
                C                                                      D
Quem crê em mim, não morrerá eternamente. 


Ofertório: 
Bendito e Louvado Seja

Bm               Em    A               D       Bm              Em        F#           Bm
Bendito e louvado seja o Pai, nosso criador! / O pão que nós recebemos, é prova do seu amor.
  Bm              Em             A            D        Bm           Em         F#           Bm
O pão que nós recebemos, que é prova do seu amor / É o fruto de sua terra e do
povo trabalhador
  Bm           Em         A            D        Bm              Em      F#            Bm
O fruto de sua terra e do povo trabalhador / Na Missa é transformado no Corpo do Salvador

   B           Em    A           D
 Bendito seja Deus! Bendito seu amor!
  Bm          Em             F#               Bm
 Bendito seja Deus, Pai Onipotente, nosso Criador! (2x)

  Bm              Em     A              D        Bm            Em       F#            Bm
Bendito e louvado seja o Pai, nosso criador! / O vinho que recebemos é prova do seu amor.
  Bm            Em            A            D         Bm           Em          F#           Bm
O vinho que recebemos, que é prova do seu amor / É o fruto de sua terra, e do povo trabalhador 
Bm          Em         A            D        Bm              Em      F#             Bm
O fruto de sua terra e do povo trabalhador / Na Missa é transformado no Sangue do Salvador


Santo: (607) A

Em       D          C        Am      B7     Em       D          C          B7    Em  
Santo, Santo, Santo é o Senhor, Santo, Santo, Santo é o Senhor.

Em           B7               Em                                          D                                  
Senhor, Deus do Universo. O céu e a terra, proclamam vossa glória,

C            Am        B7
 Hosana nas alturas.
                                     Em                                    D                               C        Am      B7
Refrão: Santo...       Bendito o que vem em nome do Senhor, Hosana nas alturas.


Comunhão:  O Pão da Vida

Tom: D
                  
D                  A7                  D                          A7                        D
O pão da vida, a comunhão /nos une a Cristo e aos irmãos:
                   G                       D                     A7                         D
e nos ensina a abrir as mãos / para partir, repartir o pão.

                    F#           Bm                                B                       Em
1. Lá no deserto a multidão / com fome segue o bom pastor.
                        Bm                  F#                        G                           F#7   Bm
Com sede busca a nova palavra: Jesus tem pena e reparte o pão

                                  F#        Bm                              B            Em
2.Na Pascoa nova da nova lei, / quando amou-nos até o fim
                         Bm                               F#                     G         F#7     Bm
Partiu o pão disse: "Isto é meu corpo por vós doado: tomai, comei!”

                       F#                          Bm                B                       Em
3. Se neste pão, nesta comunhão, / Jesus nos dá a própria vida
                      Bm              F#            G          F#7   Bm
Vamos também repartir os dons / doar a vida por nossos irmãos

                                   F#                Bm                        B                 Em
4. Onde houver fome, reparte o pão / e tuas trevas  hão de ser luz
                  Bm                       F#                     G            F#7   Bm
Encontrarás Cristo no irmão / serás bendito do eterno Pai.

                   F#                            Bm                                   B                  Em
5. Não é feliz quem não sabe dar, / quem não aprende a lição do altar
                   Bm                    F#                    G            F#7    Bm
De abrir a mão e o coração / para doar-se no próprio dar.

Final:

Campanha da Fraternidade 2015
                             
Pe José Antônio de Oliveira

   C                                                          Dm     G7
1. Em meio às angústias, vitórias e lidas,
                                                                        C
no palco do mundo, onde a história se faz (cf. GS 2),
F                                                      Dm
sonhei uma Igreja a serviço da vida.
  G                                                         C
Eu fiz do meu povo os atores da paz!
Em                     F                G            C
Eu fiz do meu povo os atores da paz

F                         G             C    Am
Quero uma Igreja solidária,
    A7            Dm
servidora e missionária,
G7                     C
que anuncia e saiba ouvir.
F             Am
A lutar por dignidade,
                Em
por justiça e igualdade,
G7                    C
pois "Eu vim para servir" (Mc 10,45).
2. Os grandes oprimem, exploram o povo,
mas entre vocês bem diverso há de ser.
Quem quer ser o grande se faça de servo:
/:Deus ama o pequeno e despreza o poder:

3. Preciso de gente que cure feridas,
que saiba escutar, acolher, visitar.
Eu quero uma Igreja em constante saída (EG, 20),
/:de portas abertas, sem medo de amar!:

4. O meu mandamento é antigo e tão novo:
Amar e servir como faço a vocês.
Sou mestre que escuta e cuida seu povo,
/:um Deus que se inclina e que lava seus pés:

5. As chagas do ódio e da intolerância
se curam com o óleo do amor-compaixão (cf. Lc 10,29ss).
Na luz do Evangelho, acende a esperança.
/:Vem! Calça as sandálias, assume a missão!:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.