sábado, 29 de outubro de 2016

Missa do 2º Domingo do Advento - Ano A

PREPARAR-SE PARA ACOLHER O SENHOR


The Preaching of Saint John the Baptist, 1634, Bartholomeus Breenbergh 
Entrada:

Eis que de longe vem o Senhor
                                                      



ACENDIMENTO DA COROA DO ADVENTO
1. A segunda vela acesa vem a vida clarear. Rejeitemos, pois, as trevas, é Jesus quem vai chegar.
No advento a tua vinda nós queremos preparar. Vem, Senhor, que é teu natal, vem nascer em nosso lar. (bis)



Perdão:

Por nossas fraquezas humanas
Por nossas fraquezas humanas, Senhor tende piedade!
Por nosso injusto egoísmo, Senhor tende piedade!

Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!
Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!

Porque eu não fui solidário, Senhor tende piedade!
Porque fomos indiferentes, Senhor tende piedade!

Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!
Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!


Hino de Louvor:  (omite-se)

SALMO RESPONSORIAL – SL 71 (72)
R.:NOS SEUS DIAS A JUSTIÇA FLORIRÁ.


1. Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, vossa justiça ao descendente da realeza! Com justiça ele governe o vosso povo, com equidade ele julgue os vossos pobres.

2. Nos seus dias a justiça florirá e grande paz, até que a lua perca o brilho! De mar a mar estenderá o seu domínio, e desde o rio até os confins de toda a terra!

3. Libertará o indigente que suplica e o pobre ao qual ninguém quer ajudar. Terá pena do indigente e do infeliz, e a vida dos humildes salvará.

4. Seja bendito o seu nome para sempre! E que dure como o sol sua memória! Todos os povos serão nele abençoados, todas as gentes cantarão o seu louvor!

                                                       
Aclamação:
                                                       

Ofertório: 
A nossa oferta apresentamos
                                               

 
Santo:
Santo – Joel Postma
                                                        

Comunhão:

Ouço uma voz, lá no deserto a gritar
                                                                                          


Final:
O Amor de Deus

O amor de Deus se mostra em pleno sol
Flore o jardim, dá vida ao beija-flor
Brinca no mar e as nuvens põe no céu
Pra me dizer: grande é teu valor!
Grande é teu valor!

O amor de Deus vem antes e depois
E vai além dos sonhos que aprendi
Não se desfaz, nem mesmo ao dizer não
É a luz que diz: filho, é por aqui!
Filho, é por aqui!

O amor de Deus renova os corações
Fala de paz, reparte sempre o pão
Fere o temor, enfrenta os desafios
Me faz dizer: tudo bem, irmão!
Tudo bem, irmão!

O amor de Deus compõe e recompõe
Estende a mão, jamais exclui alguém
Frente ao rancor, se firma no perdão
Fazendo ver: eu te quero bem!
Eu te quero bem!
                                                                   
                                                                   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.