domingo, 12 de julho de 2015

Missa do dia 12/07/2015 – 15º Domingo do Tempo Comum

Missa de São Camilo de Lélis

São Camilo de Lellis (Bucchianico, 25 de maio de 1550  — Roma, 14 de julho de 1614) foi um religioso italiano, fundador da Ordem dos Ministros dos Enfermos (Camilianos). É venerado como santo da Igreja Católica e é considerado protetor dos enfermos e dos hospitais.

 

Ambientação:
Aquele que vos chamou, aquele que vos chamou é fiel, é fiel.Fiel é aquele que vos chamou. (bis)

Entrada: Hino a São Camilo de Léllis

Tom: F
        F                    C7      F                        C 
1. Lá no céu a ti se entoa, oh Camilo, hino imortal. 
                   A7         Dm              G7         C7 
E brilhante uma coroa, orna a fronte patriarcal. 
 F             C7    F             F7                          A# 
Regozija-te glorioso, grande herói no teu Senhor.  
               
                                A#      F              C7                     F 
Refrão:  Salve, apóstolo zeloso, salve, serafim de amor. 
                
               F                       C7   F                                          C 
2. Quantos filhos destemidos, pelejando ao teu pendão. 
                       A7           Dm                   G7        C7 
Em teu nome sempre unidos, alcançaram galardão. 
 F             C7                     F          F7             A# 
Bando forte e numeroso, imolou-se pela dor. 
 
                    F          C7     F                                       C 
3. Cá na terra outra fileira, eco faz de bons irmãos. 
                    A7            Dm                G7                         C7 
Desfraldando uma bandeira, gloria eterna dos cristãos. 
               F       C7       F                     F7                     A# 
Traz no peito caridoso, cruz vermelha e santo ardor.      
 
                F           C7                      F                                    C 
4. Dos doentes, dos que morrem, ouve o grito de aflição. 
                   A7              Dm                        G7         C7 
Nos perigos que eles correm, de ti esperam salvação. 
             F    C7       F           F7        A# 
Anjo doce carinhoso, deles sê consolador.


Perdão: Perdão:

Tom: E
     E        B7        C#m    E7                 A     F#        B7
1.Senhor eu estou aqui, venho te pedir piedade de mim!
   Bm    E                   A     Am       E     B7        E    C#7
Senhor eu estou aqui, venho te pedir piedade de mim!

   F#      C#7        D#m   F#7          B        G#          C#7
2.Cristo estamos aqui, vimos te pedir piedade de nós!
   C#m    F#        B   Bm        F#    C#7          F#            D#7
Cristo estamos aqui, vimos te pedir piedade de nós!

   G#     D#7        Fm G#7        C#     A#               D#7
3.Senhor eu estou aqui, venho te pedir piedade de mim!
   D#m   G#        C#    C#m           G#     D#7       G#
Senhor eu estou aqui, venho te pedir piedade de mim!

Glória: Glória, glória nas alturas

Glória, glória nas alturas,
paz e amor na terra aos homens,
dêem-vos glória as criaturas,
dêem-vos graças e louvores!

Nós vos louvamos, ó Criador,
vos bendizemos por vosso amor.

Nós vos louvamos, Senhor Jesus,
vos aclamamos por Vossa cruz.

Espírito Santo, consolador,
vós que sois vida e sois Senhor.

Salmo Responsorial
 / Sl 84 (85)

Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade, e a vossa salvação nos concedei!

• Quero ouvir o que o Senhor irá falar: / é a paz que ele vai anunciar. / Está perto a salvação dos que o temem, / e a glória habitará em nossa terra.

• A verdade e o amor se encontrarão, / a justiça e a paz se abraçarão; / da terra brotará a fidelidade, / e a justiça olhará dos altos céus.

• O Senhor nos dará tudo o que é bom, / e a nossa terra nos dará suas colheitas; / a justiça andará na sua frente / e a salvação há de seguir os passos seus.

Aclamação:
Glória, Aleluia! (3X) Jesus vai falar. Aleluia!

Resposta das Preces:
Oh São Camilo intercedei por nós!

Ofertório:
Tom: A

Lalaiá, lalaiá, lalalaiá!

1. Quando o trigo amadurece e do sol recebe a cor, quando a uva se torna prece na oferta do nosso amor. /: Damos graças pela vida derramada neste chão, pois és tu, ó Deus da vida, quem dá vida à criação! :/

2. Os presentes da natureza, o amor do coração, o teu povo canta a certeza, traz a vida em procissão. /: Abençoa nossa vida, o trabalho redentor, as colheitas repartidas, para celebrar o amor.;/

Partitura em pdf e música em mp3: http://conventodapenha.org.br/liturgia/quando-o-trigo-amadurece#sthash.4xawcQ3I.dpuf

Santo:

Santo, Santo, Santo. Santo  é o Senhor. Os céus e a terra proclamam o Criador. Hosana, Hosana, Hosana, Hosana, Hosana nas alturas.
Bendito o que vem em nome do Senhor. Hosana, Hosana, Hosana, Hosana, Hosana nas alturas.

Paz – Unidos estamos aqui

Unidos estamos aqui, unidos queremos ficar.
Seguiremos sempre em frente pela vida a cantar
Semeando o bem, alegria e paz em cada coração.

É bela vida que se dá
E um mundo novo faz surgir
Deus quis do homem, precisar
Pro Seu reino de amor construir

Sabemos o rumo a seguir, o Cristo que é nosso ideal.
É preciso que o mundo seja um pouco melhor.
Porque nele eu vivi e por ele tu passaste, meu irmão.

Comunhão – Vinde óh irmãos adorar

Bem-vindos à mesa do Pai, onde o Filho se faz fraternal refeição / É Cristo a forte comida, o Pão que dá vida com amor-comunhão.

Vinde, ó irmãos, adorar, vinde adorar o Senhor / A Eucaristia nos faz Igreja, comunidade de amor (bis)

Partimos o único pão, no altar-refeição, ó mistério de amor / Nós somos sinais de unidade na fé, na verdade, convosco, ó Senhor.

No longo caminho que temos, o Pão que comemos nos sustentará / É Cristo o Pão repartido, que o povo sofrido vem alimentar.

Há gente morrendo de fome, sofrendo e sem nome, sem terra e sem lar / Não é a vontade de Deus, pois Jesus, Filho seu, quis por nós se doar.

Queremos servir a Igreja, na plena certeza de nossa missão / Vivendo na Eucaristia, o Pão da alegria e da libertação.

Final:
1200 – G – Imaculada
                                (Frei Fabreti)

Refr.: Imaculada Maria de Deus,/ Coração pobre acolhendo Jesus./ Imaculada Maria do povo, / Mãe dos aflitos que estão junto à cruz.

1. Um coração que era "sim" para a vida,/ Um coração que era "sim" para o irmão./ Um coração que era "sim" para Deus:/ Reino de Deus renovando este chão.

2. Olhos abertos pra sede do povo,/ Passo bem firme que o medo desterra./ Mãos estendidas que os tronos renegam,/ Reino de Deus que renova esta terra!

3. Faça-se, ó Pai, vossa plena vontade:/ Que os nossos passos se tornem memória/Do amor fiel que Maria gerou:/ Reino de Deus atuando na história.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.