sábado, 20 de janeiro de 2018

Missa do dia 04/02/2018 – 5º Domingo do Tempo Comum – Ano B


“Curou muitas pessoas de diversas doenças”.


   
Entrada: 

Toda a Terra Te Adore

Refrão: toda a terra de adore,
Ó senhor do universo,
Os louvores do teu nome
Cante o povo em seus versos!

1. venham todos, com alegria, aclamar nosso senhor,
Caminhando ao seu encontro, proclamando seu louvor
Ele é o rei dos reis
E dos deuses o maior.

2. tudo é dele: abismos, montes, mar e terra ele formou.
De joelhos adoremos este deus que nos criou,
Pois nós somos seu rebanho e ele é nosso pastor.

3. ninguém feche o coração, escutemos sua voz.
Não sejamos tão ingratos, tal e qual nossos avós
Mereçamos o que ele tem guardado para nós.

4. glória ao pai que nos acolhe e a seu filho salvador.
Igualmente demos glória ao espírito de amor.
Hoje e sempre, eternamente, cantaremos seu louvor.
                                                                 

ATO PENITENCIAL
Kyrie Eleison
Como a ovelha perdida, pelo pecado ferida
Eu te suplico perdão, ó bom pastor

Kyrie Eleison,  Kyrie  Eleison,     Ky-ri-ie      Ele-e-e-ison

Como o ladrão perdoado, encontro o paraíso ao teu lado
Lembra-te de mim, pecador por tua cruz

Christe Eleison (3x)

Como a pecadora caída, derramo aos teus pés minha vida
Vê as lagrimas do meu coração e salva-me!                                                                     

Hino de Louvor:Gloria anjos no céu
                                                                                  
SALMO RESPONSORIAL – SL 146 (147)  

Louvai a Deus, porque ele é bom e conforta os corações.

1- Louvai o Senhor Deus, porque ele é bom,/ cantai ao nosso Deus, porque é suave:/ ele é digno de louvor, ele o merece!/ O Senhor reconstruiu Jerusalém,/ e os dispersos de Israel juntou de novo.

2- Ele conforta os corações despedaçados,/ ele enfaixa suas feridas e as cura;/ fixa o número de todas as estrelas/ e chama a cada uma por seu nome.

3- É grande e onipotente o nosso Deus,/ seu saber não tem medida nem limites./ O Senhor Deus é o amparo dos humildes,/ mas dobra até o chão os que são ímpios.
                                                      


Aclamação:
Aleluia, um grande Profeta surgiu!

Os sãos não precisam de médico,
Mas, sim, quem padece na dor,
Eu vim socorrer os doentes,
Salvar a quem é pecador!
Ofertório: 
De mãos estendidas, ofertamos,
o que de graça recebemos.
 (Bis)

1. A natureza tão bela, 
que é louvor, que é serviço, 
o sol que ilumina as trevas, 
transformando-as em luz. 
O dia que nos traz o pão, 
e a noite que nos dá repouso.
Ofertamos ao Senhor,
o louvor da criação.

2. Nossa vida toda inteira 
ofertamos ao Senhor, 
como prova de amizade, 
como prova de amor.
Com o vinho e com o pão,
ofertamos ao Senhor 
nossa vida toda inteira, 
o louvor da criação.
                                                                 

 
Santo: 
Santo – Joel Postma
                                                                                      
Comunhão:

É bom estarmos juntos

Letra e Música: Ir. Míria T. Kolling
1. É bom estarmos juntos
à mesa do Senhor
e unidos na alegria
partir o pão do amor.

Na vida caminha
quem come deste pão.
Não anda sozinho
quem vive em comunhão.

2. Embora sendo muitos,
é um o nosso Deus.
Com ele vamos juntos
seguindo os passos seus.

3. Formamos a Igreja,
o corpo do Senhor.
Que em nós o mundo
veja a luz do seu amor.

4. Foi Deus quem deu outrora,
ao povo o pão do céu;
porém, nos dá agora,
o próprio Filho seu.

5. Será bem mais profundo
o encontro, a comunhão,
se formos para o mundo
sinal de salvação.

6. A nossa Eucaristia
ajude a sustentar
quem quer, no dia a dia,
o amor testemunhar.
                                                           

FinalO Amor de Deus

O amor de Deus se mostra em pleno sol
Flore o jardim, dá vida ao beija-flor
Brinca no mar e as nuvens põe no céu
Pra me dizer: grande é teu valor!
Grande é teu valor!

O amor de Deus vem antes e depois
E vai além dos sonhos que aprendi
Não se desfaz, nem mesmo ao dizer não
É a luz que diz: filho, é por aqui!
Filho, é por aqui!

O amor de Deus renova os corações
Fala de paz, reparte sempre o pão
Fere o temor, enfrenta os desafios
Me faz dizer: tudo bem, irmão!
Tudo bem, irmão!

O amor de Deus compõe e recompõe
Estende a mão, jamais exclui alguém
Frente ao rancor, se firma no perdão
Fazendo ver: eu te quero bem!
Eu te quero bem!
                                                                           

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Missa do dia 28/01/2018 – 4º Domingo do Tempo Comum – Ano B



“Eu sei quem tu és: tu és o Santo de Deus”.   
Entrada: 
Canto Inicial
Refrão: toda a terra te adore,
Ó senhor do universo,
Os louvores do teu nome
Cante o povo em seus versos!

1. venham todos, com alegria, aclamar nosso senhor,
Caminhando ao seu encontro, proclamando seu louvor
Ele é o rei dos reis
E dos deuses o maior.

2. tudo é dele: abismos, montes, mar e terra ele formou.
De joelhos adoremos este deus que nos criou,
Pois nós somos seu rebanho e ele é nosso pastor.

3. ninguém feche o coração, escutemos sua voz.
Não sejamos tão ingratos, tal e qual nossos avós
Mereçamos o que ele tem guardado para nós.

4. glória ao pai que nos acolhe e a seu filho salvador.
Igualmente demos glória ao espírito de amor.
Hoje e sempre, eternamente, cantaremos seu louvor.
                                                                 


Perdão 
Perdão Piedade de Nós
                                                               

Hino de Louvor:
Gloria a Deus
                                                               
SALMO RESPONSORIAL -  (94/95)
Não fecheis o coração; ouvi hoje, a vos de Deus!

1 - Vinde, exultemos de alegria no Senhor, aclamemos o Rochedo que nos salva! Ao eu encontro caminhemos com louvores, e com cantos de alegria o celebremos!

2 - Vinde adoremos e prostremo-nos por terra, e ajoelhemos ante o Deus que nos criou! Porque ele é o nosso Deus, nosso Pastor, e nós somos o seu povo e seu rebanho, as ovelhas que conduz com sua mão.

3 - Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: “Não fecheis os corações como em Meriba, como  em Massa, no deserto, aquele dia, em que outrora vossos pais me provocaram, apesar de terem visto as minhas obras”.
                                                                  
Aclamação:
Aleluia, um grande Profeta surgiu!

O povo que jazia nas trevas / viu brilhar uma luz grandiosa; / a luz despontou para aqueles / que jaziam nas sombras da morte. 
                                                         
Ofertório: 
De mãos estendidas, ofertamos,
o que de graça recebemos.
 (Bis)

1. A natureza tão bela, 
que é louvor, que é serviço, 
o sol que ilumina as trevas, 
transformando-as em luz. 
O dia que nos traz o pão, 
e a noite que nos dá repouso.
Ofertamos ao Senhor,
o louvor da criação.

2. Nossa vida toda inteira 
ofertamos ao Senhor, 
como prova de amizade, 
como prova de amor.
Com o vinho e com o pão,
ofertamos ao Senhor 
nossa vida toda inteira, 
o louvor da criação.
                                                                 
Santo
Santo – Frei Luis Turra
                                                               
Comunhão:
Ref.: Eu sei quem tu és / ó Jesus Nazareno, / o Santo de Deus, / eu sei que tu
és! (bis)

1. Vamos juntos dar glória ao Senhor / e a seu nome fazer louvação. / Procurei o Senhor, me atendeu, / me livrou de uma grande aflição.

2. Olhem todos pra ele e se alegrem, / todo tempo sua boca sorria! / Este pobre gritou e ele ouviu, / fiquei livre de minha agonia.

3. Acampou na batalha seu anjo, / defendendo seu povo e o livrando. / Provem todos, pra ver como é bom / o Senhor que nos vai abrigando.

4. Santos todos, adorem o Senhor, / aos que o amam, nenhum mal assalta. / Quem é rico, empobrece e tem fome, / mas, a quem busca a Deus, nada falta.

5. Ó meus filhos, escutem o que eu digo, / pra aprender o temor do Senhor. / Qual o homem que ama sua vida, / e a seus dias quer dar mais valor?

 6. Tua língua preserva do mal / e não deixes tua boca mentir. / Ama o bem e detesta a maldade, / vem a paz procurar e seguir!

7. Sobre o justo o Senhor olha sempre, / seu ouvido se põe a escutar. / Que teus olhos se afastem dos maus, / pois, ninguém deles vai se lembrar.
                                                             


Canto Final: 1200 – G – Imaculada                     
(Frei Fabreti)


Refr.: Imaculada Maria de Deus,/ Coração pobre acolhendo Jesus./ Imaculada Maria do povo, / Mãe dos aflitos que estão junto à cruz.

1. Um coração que era "sim" para a vida,/ Um coração que era "sim" para o irmão./ Um coração que era "sim" para Deus:/ Reino de Deus renovando este chão.

2. Olhos abertos pra sede do povo,/ Passo bem firme que o medo desterra./ Mãos estendidas que os tronos renegam,/ Reino de Deus que renova esta terra!

3. Faça-se, ó Pai, vossa plena vontade:/ Que os nossos passos se tornem memória/Do amor fiel que Maria gerou:/ Reino de Deus atuando na história.


terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Missa do dia 21/01/2018 – 3º Domingo do Tempo Comum – Ano B

“Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens”.

Calling of the Apostles Peter and Andrew _ 1370 _ Lorenzo Veneziano

   
Entrada: 
Canto Inicial
Refrão: toda a terra te adore,
Ó senhor do universo,
Os louvores do teu nome
Cante o povo em seus versos!

1. venham todos, com alegria, aclamar nosso senhor,
Caminhando ao seu encontro, proclamando seu louvor
Ele é o rei dos reis
E dos deuses o maior.

2. tudo é dele: abismos, montes, mar e terra ele formou.
De joelhos adoremos este deus que nos criou,
Pois nós somos seu rebanho e ele é nosso pastor.

3. ninguém feche o coração, escutemos sua voz.
Não sejamos tão ingratos, tal e qual nossos avós
Mereçamos o que ele tem guardado para nós.

4. glória ao pai que nos acolhe e a seu filho salvador.
Igualmente demos glória ao espírito de amor.
Hoje e sempre, eternamente, cantaremos seu louvor.
                                                                 


ATO PENITENCIAL
Pe. Zezinho
Perdoai nossos pecados / Perdoai nossos pecados / Perdoai nossos pecados ó Senhor / Vosso povo quer amar / Vosso povo é Santo / Vosso povo é Santo / Mas também é pecador!

Tende piedade de nós / Piedade de nós / Piedade de nós, ó Senhor! (2x)
                                                                   


Hino de Louvor:
Glória, glória! Anjos do céu cantam todos seu amor! E na
Terra, homens de paz Deus merece o louvor  

Deus e pai, nós vos louvamos adoramos, bendizemos, damos glória ao
vosso nome, vossos dons agradecemos!  

Senhor nosso, Jesus Cristo, unigênito do Pai, Vós de Deus cordeiro
santo, nossas culpas perdoai!  

Vós que estais junto do pai, como nosso intercessor, acolhei nosso
pedidos, atendei nosso clamor!  

Vós somente sois o Santo, o Altíssimo, o Senhor, com o Espirito
Divino, de Deus pai no esplendor!    


                                                               

Salmo 24 (25)
Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos; vossa verdade me oriente e me conduza!

Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos / e fazei-me conhecer a vossa estrada! / Vossa verdade me oriente e me conduza, / porque sois o Deus da minha salvação.

Recordai, Senhor meu Deus, vossa ternura / e a vossa compaixão, que são eternas! / De mim lembrai-vos, porque sois misericórdia / e sois bondade sem limites, ó Senhor!

O Senhor é piedade e retidão / e reconduz ao bom caminho os pecadores. / Ele dirige os humildes na justiça / e aos pobres ele ensina o seu caminho.
                                                                       

Aclamação:
Aleluia, um grande Profeta surgiu!

Que o Pai do Senhor Jesus Cristo nos dê do saber o Espírito. Conheçamos, assim, a esperança, à qual nos chamou, como herança!
                                                         
Ofertório: 
De mãos estendidas, ofertamos,
o que de graça recebemos.
 (Bis)

1. A natureza tão bela, 
que é louvor, que é serviço, 
o sol que ilumina as trevas, 
transformando-as em luz. 
O dia que nos traz o pão, 
e a noite que nos dá repouso.
Ofertamos ao Senhor,
o louvor da criação.

2. Nossa vida toda inteira 
ofertamos ao Senhor, 
como prova de amizade, 
como prova de amor.
Com o vinho e com o pão,
ofertamos ao Senhor 
nossa vida toda inteira, 
o louvor da criação.
                                                                 
Santo: 
Santo
 (Letra: Missal Romano / Música: José Odenir Dalmaschio)
Contato com o autor: https://www.facebook.com/joseodenir.dalmaschio
Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo.
O céu e a terra proclamam Vossa Glória!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!
Bendito o que vem em nome do Senhor!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!
                                                      


Canto da comunhão –  A Barca

1.Tu, te abeiraste da praia. Não buscaste nem sábios nem ricos, somente queres que eu te siga!

Senhor, tu me olhaste nos olhos, a sorrir, pronunciastes meu Nome, lá na praia, eu larguei o meu barco, junto a Ti buscarei outro mar...

2.Tu sabes bem que em meu barco eu não tenho nem ouro nem espadas somente redes e o meu trabalho.

3.Tu, minhas mãos solicitas, meu cansaço que a outros descanse, amor que almeja seguir amando.

4.Tu, pescador de outros lagos, ânsia eterna de almas que esperam, bondoso amigo que assim me chamas.



Final

Maria ó mãe cheia de graça.