quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Missa do dia 25/12/2017 – Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo – Ano B

Nativity _ 1441 _ Fra Angelico
A PALAVRA HABITOU ENTRE NÓS!
   
Entrada: 

Nasceu-nos hoje um menino

Ref.:nasceu-nos hoje um menino / E um filho nos foi dado
Grande é este pequenino, Rei da paz será chamado,
 /: aleluia, aleluia, Aleluia, aleluial (bis)

1. cantai, cantai ao senhor
Um canto novo, um louvor!
Por maravilha tão grande,
Um canto novo, um louvor!
Por tal vitória e poder,
Um canto novo, um louvor!
Por um amor tão tiel,
Um canto novo, um louvor!

2. a salvação resplendeu,
Um canto novo, um louvor!
Justiça, apareceu,
Um canto novo, um louvor!
Toda a terra contemplou,
Um canto novo, um louvor!
Com alegria aplaudi,
Um canto novo. um louvor!

3. clarins, violões tocai,
Um canto novo, um louvor!
Ao rei senhor aclamai,
Um canto novo, um louvor!
Cante o mar, o universo,
Um canto novo, um louvor!
Na presença do senhor,
Um canto novo, um louvor!

4. ao justo juiz que vem,
Um canto novo, um louvor!
Por todo sempre amém,
Um canto novo, um louvor!
Glória ao pai por seu filho,
Um canto novo, um louvor!
A quem no espírito vem,
Um canto novo, um louvor!
                                                                 


Perdão


Por nossas fraquezas humanas

Por nossas fraquezas humanas, Senhor tende piedade!
Por nosso injusto egoísmo, Senhor tende piedade!

Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!
Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!

Porque eu não fui solidário, Senhor tende piedade!
Porque fomos indiferentes, Senhor tende piedade!

Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!
Por nossas faltas de fé e de amor, Piedade, piedade senhor!
Hino de Louvor
                                                         
                                                         
                                                                     
                                                        

SALMO RESPONSORIAL – SL 97 (98)


R.: Os confins do universo contemplaram / a Salvação do nosso Deus.


1. Cantai ao Senhor Deus um canto novo, / porque ele fez prodígios! / Sua mão e o seu braço forte e santo / alcançaram-lhe a vitória.

2. O Senhor fez conhecer a salvação, / e às nações, sua justiça; / recordou o seu amor sempre fiel / pela casa de Israel.

3. Os confins do universo contemplaram / a salvação do nosso Deus. / Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, / alegrai-vos e exultai!

4. Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa / e da cítara suave! / Aclamai, com os clarins e as trombetas, / ao Senhor, o nosso Rei!
                                                                      
                                                                 

Aclamação:
      A  F#m           Bm E          A  F#m        D   E
 Aleluia,         Aleluia,        Aleluia,        Aleluia!
A                                                                                                                          E
Despontou o santo dia para nós: ó nações, vinde, adorar o Senhor Deus
Bm                                                              E
Porque hoje grande luz brilhou na terra!
                                                          



Ofertório: 
Cristãos, vinde todos
(Adeste Fidelis)

Cristãos, vinde todos, com alegres cantos.
Oh! Vinde, oh! Vinde até Belém.
Vede nascido, vosso rei eterno.

Oh! Vinde adoremos, Oh! Vinde adoremos,
Oh! Vinde adoremos o salvador!
Humildes pastores deixam seu rebanho
e alegres acorrem ao rei do céu.
Nós, igualmente, cheios de alegria.

O Deus invisível de eterna grandeza,
sob véus de humildade, podemos ver.
Deus pequenino, Deus envolto em faixas!

Nasceu em pobreza, repousando em palhas.
O nosso afeto lhe vamos dar. Tanto amou-nos!
Quem não há de amá-lo?

A estrela do oriente, conduzem os Magos
E a este mistério, envolve em luz
Tal claridade, também seguiremos.
 
                                                                      

Santo:
Santo
 (Letra: Missal Romano / Música: José Odenir Dalmaschio)


Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo.
O céu e a terra proclamam Vossa Glória!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!
Bendito o que vem em nome do Senhor!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!

                                                            

Comunhão: 
Hino ao Verbo de Deus (A luz resplandeceu)

(Tom: Em) Letra e Música:
 Reginaldo Veloso (CD Liturgia V - Paulus)

A luz resplandeceu em plena escuridão, / jamais irão as trevas vencer o seu clarão! (bis)


1 - De tudo existe um começo / e no começo de tudo / era o Verbo,

sim o Verbo, / pelo qual existe tudo!
Voltado pra Deus estava / o Verbo que era Deus, / e nada de quanto existe / sem Ele apareceu!
É nele que estava a vida, / a vida que é luz dos homens, / a luz nas trevas resplende, / e as trevas não compreendem.

2 - Um homem por Deus mandado, / seu nome era João, / veio a luz testemunhar / para o mundo acreditar.

João, ele não era a luz, / veio a luz testemunhar; / luz verdadeira era o Verbo, / que veio ao mundo brilhar. A iluminar todo homem / o Verbo estava no mundo, / por quem o mundo existia, / mas não o reconhecia.

3 - Veio ao que lhe pertencia, / mas os seus não o acolheram, / porém, quem o recebia, / os que no seu nome creram.

Filhos de Deus se tomaram, / o Verbo deu tal poder, / e assim nasceram de Deus / e não de humano querer!
O Verbo, então, fez-se carne, / veio entre nós acampar / e sua glória nós vimos, / glória que seu Pai lhe dá.

4 - Único Filho do Pai, / de graça e verdade pleno, / de sua imensa

riqueza / graças sem fim recebemos.
Quem deu a lei foi Moisés, / porém a graça e a verdade, / somente por Jesus Cristo / chegam à realidade!
Ninguém jamais viu a Deus; / o Filho único, então, / que está no seio do Pai, / nos fez a revelação.
                                                        
Música aqui.
                                                           
Final:
Nas terras do Oriente
                                                            


Missa da Noite do dia 24/12/2017 – Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo – Ano B

The Nativity_1777_John Singleton Copley
GLÓRIA AO PAI NO MAIS ALTO DO CÉU!

   
Entrada: 

Glória ao Senhor

     A            F#m7                D             E                    A               F#m7                         D                   E7           A
1- Reis e nações se amotinam e tramam, por quê/ E vão contra o Senhor e o Messias, por quê/
             F#m7          D                 E                 A                   F#m7            D               E7             A
Deles se ri e aborrece o Senhor, e ouvirão/ Fui eu quem consagrei o meu rei em Sião!

                        F#m7                 D                        E      A                      F#m7                  E7              A
Glória ao Senhor/ Nas alturas, sem cessar/ Glória ao Senhor, terra inteira a cantar! (bis)

       A              F#m7          D               E                   A                 F#m7                        D            E7                   A
2- Vou proclamar o decreto que vem do Senhor/ O que disse o Senhor e dizer me mandou/
                   F#m7              D              E                            A                 F#m7         D          E7                A
Tu és meu filho, meu filho a Ti hoje, eu gerei/ Tu me pedes e eu as nações te darei!

       A            F#m7           D                   E               A                      F#m7          D                     E7          A
3- Cetro de ferro nas mãos as nações regerás/ Como um pote de barro as despedaçarás/
             F#m7        D               E                A                F#m7              D              E7            A
Reis e juízes da terra, guiar-vos deixai/ Ao Senhor com temor lhe servi e honrai!

        A         F#m7           D           E              A               F#m7       D                   E7        A
4- Não o irriteis, sua raiva será perdição/ Bem felizes aqueles que n’Ele estão/
                 F#m7          D                  E            A                  F#m7          D               E7                A
Glória ao Pai pelo Filho no Espírito, amor/ Ao que vem nesta noite da Igreja o louvor!
                                                                

Perdão
                                                    

Hino de Louvor:
                                                        



Salmo 95: Hoje Nasceu pra nós o Salvador, que é Cristo, o Senhor!
                                                      


                                                               

Aclamação: 
        A  F#m      Bm E                  A F#m             D   A
 Aleluia,         Aleluia,          Aleluia,             Aleluia!

A                                                                            E
Eu vos trago a boa nova de uma grande alegria;

Bm                                                                             E
É que hoje vos nasceu o Salvador, Cristo, o Senhor.
                                                                                               

Ofertório: 
Cristãos, vinde todos
(Adeste Fidelis)

Cristãos, vinde todos, com alegres cantos.
Oh! Vinde, oh! Vinde até Belém.
Vede nascido, vosso rei eterno.

Oh! Vinde adoremos, Oh! Vinde adoremos,
Oh! Vinde adoremos o salvador!
Humildes pastores deixam seu rebanho
e alegres acorrem ao rei do céu.
Nós, igualmente, cheios de alegria.

O Deus invisível de eterna grandeza,
sob véus de humildade, podemos ver.
Deus pequenino, Deus envolto em faixas!

Nasceu em pobreza, repousando em palhas.
O nosso afeto lhe vamos dar. Tanto amou-nos!
Quem não há de amá-lo?

A estrela do oriente, conduzem os Magos
E a este mistério, envolve em luz
Tal claridade, também seguiremos.
 
                                                                      
                                                               
Santo:
Santo
 (Letra: Missal Romano / Música: José Odenir Dalmaschio)


Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo.
O céu e a terra proclamam Vossa Glória!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!
Bendito o que vem em nome do Senhor!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!

                                                            
Comunhão: 



 

RESPLANDECEU A GLÓRIA DO SENHOR


Abraham_Bloemaert_-_The_adoration_of_the_Magi_-_Google_Art_Project

                       D                                           G                                A                                       D
    Eis que veio o Senhor dos senhores/ Em suas mãos, o poder e a realeza/
                                           D7                     G                                A                                       D
    Eis que veio o Senhor dos senhores/ Em suas mãos, o poder e a realeza.

                                               B-                          E-                         A                                                  D
1- Daí ao Rei vossos poderes, Senhor Deus/ Vossa justiça ao descendente da realeza/
                                    B-                        E-                            A                                                D
Com justiça Ele governe o vosso povo/ Com eqüidade Ele julgue os vossos pobres.

                                    B-                   E-               A                                                     D
2- Libertará o indigente que suplica/ E o pobre ao qual ninguém quer ajudar/
                                            B-                 E-                                A                                              D
Todos os povos serão nele abençoados/ Todas as gentes cantarão o seu louvor.

                                         B-                                 E-                      A                                             D
3- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito/ Como era no princípio agora e sempre
                                                         
  
Perdão
Perdoai nossos pecados
  

Hino de Louvor:  

Glória - Paulo L. Domingos

                                                           

SALMO RESPONSORIAL – SL 71 (72)As nações de toda a terra / hão de adorar-vos, Ó Senhor!

1. Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus/ vossa justiça ao descendente
da realeza. / Com justiça ele governe o vosso povo, / com equidade
ele julgue os vossos pobres.

2. Nos seus dias a justiça florirá / e grande paz, até que a lua perca o
brilho! / De mar a mar estenderá o seu domínio, / e desde o rio até os
confins de toda a terra!

3. Os reis de Társis e das ilhas hão de vir / e oferecer-lhe seus presentes
e seus dons; / e também os reis de Seba e de Sabá / hão de trazer-
lhe oferendas e tributos. / Os reis de toda a terra hão de adorá-lo, / e
todas as nações hão de servi-lo.

4. Libertará o indigente que suplica, / e o pobre ao qual ninguém quer ajudar.
/ Terá pena do indigente e do infeliz, / e a vida dos humildes salvará.
                                                                

Aclamação:

Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia

Vimos sua estrela no oriente e viemos adorar o Senhor.
 
Ofertório: 
Nas terras do oriente
                                                

Santo:
Santo
 (Letra: Missal Romano / Música: José Odenir Dalmaschio)
Contato com o autor: https://www.facebook.com/joseodenir.dalmaschio
Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo.
O céu e a terra proclamam Vossa Glória!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!
Bendito o que vem em nome do Senhor!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!
                                                      

Comunhão: 

Da Cepa brotou a rama

Da cepa brotou a rama, da rama brotou a flor,
da flor nasceu Maria, de Maria o Salvador. (bis)

O espírito de Deus sobre ele pousará,
De saber, de entendimento este espírito será.
De conselho e fortaleza, de ciência e de temor.
Achará sua alegria no temor do seu senhor.

Não será pela ilusão do olhar,do ouvir falar,
Que ele irá julgar os homens,como é praxe acontecer...
Mas os pobres desta terra com justiça julgará
E dos fracos o direito ele é quem defenderá

A palavra de sua boca ferirá o violento
E o sopro de seus lábios matará o avarento...
A justiça é o cinto que circunda a sua cintura
E o manto da lealdade é a sua vestidura

Neste dia,neste dia,o incrível,verdadeiro,
Coisa que nunca se viu,morar lobo com cordeiro...
A comer do mesmo pasto,tigre,boi,burro e leão,
Por um menino guiados, se confraternizarão.
                                                        
Final:
Noite feliz
Noite feliz, noite feliz
Ó senhor, Deus de amor
Pobrezinho nasceu em Belém
Eis na lapa, Jesus nosso bem
Dorme em paz, ó Jesus
Dorme em paz, ó Jesus

Noite feliz, noite feliz
Eis que no ar vem cantar
Aos pastores os anjos dos céus
Anunciando a chegada de Deus
De Jesus, Salvador!
De Jesus, Salvador!

Noite feliz, noite feliz
Ó senhor, Deus de amor
Pobrezinho nasceu em Belém
Eis na lapa, Jesus nosso bem
Dorme em paz, ó Jesus
Dorme em paz, ó Jesus

Noite feliz, noite feliz
Eis que no ar vem cantar
Aos pastores os anjos dos céus
Anunciando a chegada de Deus
De Jesus, Salvador!
De Jesus, Salvador!