quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Missa do dia 07/01/2018 - Solenidade da Epifania do Senhor - Ano B

                                                                       

Adoração dos Reis - Pintura de Hugo Van der Goes


                    D                                           G                                A                                       D
    Eis que veio o Senhor dos senhores/ Em suas mãos, o poder e a realeza/
                                           D7                     G                                A                                       D
    Eis que veio o Senhor dos senhores/ Em suas mãos, o poder e a realeza.

                                               B-                          E-                         A                                                  D
1- Daí ao Rei vossos poderes, Senhor Deus/ Vossa justiça ao descendente da realeza/
                                    B-                        E-                            A                                                D
Com justiça Ele governe o vosso povo/ Com eqüidade Ele julgue os vossos pobres.

                                    B-                   E-               A                                                     D
2- Libertará o indigente que suplica/ E o pobre ao qual ninguém quer ajudar/
                                            B-                 E-                                A                                              D
Todos os povos serão nele abençoados/ Todas as gentes cantarão o seu louvor.

                                         B-                                 E-                      A                                             D
3- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito/ Como era no princípio agora e sempre
                                                         
  
Perdão
Perdoai nossos pecados
  

Hino de Louvor:  

Glória - Paulo L. Domingos

                                                           

SALMO RESPONSORIAL – SL 71 (72)As nações de toda a terra / hão de adorar-vos, Ó Senhor!

1. Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus/ vossa justiça ao descendente
da realeza. / Com justiça ele governe o vosso povo, / com equidade
ele julgue os vossos pobres.

2. Nos seus dias a justiça florirá / e grande paz, até que a lua perca o
brilho! / De mar a mar estenderá o seu domínio, / e desde o rio até os
confins de toda a terra!

3. Os reis de Társis e das ilhas hão de vir / e oferecer-lhe seus presentes
e seus dons; / e também os reis de Seba e de Sabá / hão de trazer-
lhe oferendas e tributos. / Os reis de toda a terra hão de adorá-lo, / e
todas as nações hão de servi-lo.

4. Libertará o indigente que suplica, / e o pobre ao qual ninguém quer ajudar.
/ Terá pena do indigente e do infeliz, / e a vida dos humildes salvará.
                                                                

Aclamação:

Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia

Vimos sua estrela no oriente e viemos adorar o Senhor.
 
Ofertório: 
Nas terras do oriente
                                                

Santo:
Santo
 (Letra: Missal Romano / Música: José Odenir Dalmaschio)
Contato com o autor: https://www.facebook.com/joseodenir.dalmaschio
Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo.
O céu e a terra proclamam Vossa Glória!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!
Bendito o que vem em nome do Senhor!
Hosana! Hosana! Hosana nas alturas!
                                                      

Comunhão: 

Da Cepa brotou a rama

Da cepa brotou a rama, da rama brotou a flor,
da flor nasceu Maria, de Maria o Salvador. (bis)

O espírito de Deus sobre ele pousará,
De saber, de entendimento este espírito será.
De conselho e fortaleza, de ciência e de temor.
Achará sua alegria no temor do seu senhor.

Não será pela ilusão do olhar,do ouvir falar,
Que ele irá julgar os homens,como é praxe acontecer...
Mas os pobres desta terra com justiça julgará
E dos fracos o direito ele é quem defenderá

A palavra de sua boca ferirá o violento
E o sopro de seus lábios matará o avarento...
A justiça é o cinto que circunda a sua cintura
E o manto da lealdade é a sua vestidura

Neste dia,neste dia,o incrível,verdadeiro,
Coisa que nunca se viu,morar lobo com cordeiro...
A comer do mesmo pasto,tigre,boi,burro e leão,
Por um menino guiados, se confraternizarão.
                                                        

Final:Os pastores encontraram Maria, José e o Menino. (bis)
1. Passemos até Belém, irmãos, combinaram os pastores,
Para ver o que aconteceu, ver o que aconteceu!
2. E voltaram dando graças por tudo que tinham visto
Lá na gruta de Belém, lá na gruta de Belém!
3. Também nós devemos procurar, encontrar o Salvador no irmão,
Ofertando para ele todo o nosso coração
                                                                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário