terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Missa do dia 28/01/2018 – 4º Domingo do Tempo Comum – Ano B



“Eu sei quem tu és: tu és o Santo de Deus”.   
Entrada: 
Canto Inicial
Refrão: toda a terra te adore,
Ó senhor do universo,
Os louvores do teu nome
Cante o povo em seus versos!

1. venham todos, com alegria, aclamar nosso senhor,
Caminhando ao seu encontro, proclamando seu louvor
Ele é o rei dos reis
E dos deuses o maior.

2. tudo é dele: abismos, montes, mar e terra ele formou.
De joelhos adoremos este deus que nos criou,
Pois nós somos seu rebanho e ele é nosso pastor.

3. ninguém feche o coração, escutemos sua voz.
Não sejamos tão ingratos, tal e qual nossos avós
Mereçamos o que ele tem guardado para nós.

4. glória ao pai que nos acolhe e a seu filho salvador.
Igualmente demos glória ao espírito de amor.
Hoje e sempre, eternamente, cantaremos seu louvor.
                                                                 


Perdão 
Perdão Piedade de Nós
                                                               

Hino de Louvor:
Gloria a Deus
                                                               
SALMO RESPONSORIAL -  (94/95)
Não fecheis o coração; ouvi hoje, a vos de Deus!

1 - Vinde, exultemos de alegria no Senhor, aclamemos o Rochedo que nos salva! Ao eu encontro caminhemos com louvores, e com cantos de alegria o celebremos!

2 - Vinde adoremos e prostremo-nos por terra, e ajoelhemos ante o Deus que nos criou! Porque ele é o nosso Deus, nosso Pastor, e nós somos o seu povo e seu rebanho, as ovelhas que conduz com sua mão.

3 - Oxalá ouvísseis hoje a sua voz: “Não fecheis os corações como em Meriba, como  em Massa, no deserto, aquele dia, em que outrora vossos pais me provocaram, apesar de terem visto as minhas obras”.
                                                                  
Aclamação:
Aleluia, um grande Profeta surgiu!

O povo que jazia nas trevas / viu brilhar uma luz grandiosa; / a luz despontou para aqueles / que jaziam nas sombras da morte. 
                                                         
Ofertório: 
De mãos estendidas, ofertamos,
o que de graça recebemos.
 (Bis)

1. A natureza tão bela, 
que é louvor, que é serviço, 
o sol que ilumina as trevas, 
transformando-as em luz. 
O dia que nos traz o pão, 
e a noite que nos dá repouso.
Ofertamos ao Senhor,
o louvor da criação.

2. Nossa vida toda inteira 
ofertamos ao Senhor, 
como prova de amizade, 
como prova de amor.
Com o vinho e com o pão,
ofertamos ao Senhor 
nossa vida toda inteira, 
o louvor da criação.
                                                                 
Santo
Santo – Frei Luis Turra
                                                               
Comunhão:
Ref.: Eu sei quem tu és / ó Jesus Nazareno, / o Santo de Deus, / eu sei que tu
és! (bis)

1. Vamos juntos dar glória ao Senhor / e a seu nome fazer louvação. / Procurei o Senhor, me atendeu, / me livrou de uma grande aflição.

2. Olhem todos pra ele e se alegrem, / todo tempo sua boca sorria! / Este pobre gritou e ele ouviu, / fiquei livre de minha agonia.

3. Acampou na batalha seu anjo, / defendendo seu povo e o livrando. / Provem todos, pra ver como é bom / o Senhor que nos vai abrigando.

4. Santos todos, adorem o Senhor, / aos que o amam, nenhum mal assalta. / Quem é rico, empobrece e tem fome, / mas, a quem busca a Deus, nada falta.

5. Ó meus filhos, escutem o que eu digo, / pra aprender o temor do Senhor. / Qual o homem que ama sua vida, / e a seus dias quer dar mais valor?

 6. Tua língua preserva do mal / e não deixes tua boca mentir. / Ama o bem e detesta a maldade, / vem a paz procurar e seguir!

7. Sobre o justo o Senhor olha sempre, / seu ouvido se põe a escutar. / Que teus olhos se afastem dos maus, / pois, ninguém deles vai se lembrar.
                                                             


Canto Final: 1200 – G – Imaculada                     
(Frei Fabreti)


Refr.: Imaculada Maria de Deus,/ Coração pobre acolhendo Jesus./ Imaculada Maria do povo, / Mãe dos aflitos que estão junto à cruz.

1. Um coração que era "sim" para a vida,/ Um coração que era "sim" para o irmão./ Um coração que era "sim" para Deus:/ Reino de Deus renovando este chão.

2. Olhos abertos pra sede do povo,/ Passo bem firme que o medo desterra./ Mãos estendidas que os tronos renegam,/ Reino de Deus que renova esta terra!

3. Faça-se, ó Pai, vossa plena vontade:/ Que os nossos passos se tornem memória/Do amor fiel que Maria gerou:/ Reino de Deus atuando na história.


Nenhum comentário:

Postar um comentário